• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


8 duras realidades que os zoológicos não gostariam que você soubesse

POR Gustavo Camargo    EM Mundo Animal      21/11/17 às 16h34

Apesar de serem muito populares, os zoológicos podem ser bastante controversos. Quer saber como? Bom, a resposta é mais simples do que você pensa. Os animais se encontrariam em melhores condições se estivessem em seus ambientes naturais.

Pare para refletir um pouco, se imagine em um lugar que não é grande o suficiente para fazer o que você quer, como viajar e brincar. Em vez de viver com sua família você está preso em outro lugar desconhecido com pessoas que você nunca viu. Isso não parece muito divertido, não é mesmo? Bom, nós da Fatos Desconhecidos trouxemos para nossos leitores 8 duras realidades que os zoológicos não gostariam que você soubesse. Confira:

1 - Problemas psicológicos

Animais confinados podem se tornar depressivos e solitários. Essa condição é chamada de Zoochosis. Alguns zoológicos que os animais recebem drogas para alterar o humor. Os sintomas dessa depressão podem incluir balanços da cabeça, ritmo constante e existem casos mais extremos de auto-mutilação.

2 - Zoológicos não são educacionais

Você já deve ter ouvido falar que as pessoas visitam zoológicos para aprender sobre animais selvagens, não é verdade? O fato é que isso é uma grande mentira. Já que a única coisa que as pessoas aprendem é como manter animais em cativeiro, solitários e longe de seu habitat natural.

3 - Zoológicos apresentam perigos para os animais

Pode parecer duro saber disso mas durante desastres naturais como inundações, incêndios, animais que estão no zoológico são muitas das vezes deixados para trás, sem qualquer tipo de ajuda ou formas de escapar. Além disso alguns animais morrem depois de comer lixo que foi jogado em suas gaiolas.

4 - Muitos zoológicos se livram de animais indesejados

Alguns zoológicos podem se encontrar com animais demais, e esses animais excedentes podem ser mortos, uma prática chamada de zootanásia, ou pode se tornar alimento para outros habitantes do zoológico, ou até mesmo vendido para outros zoos ou revendedores. Embora esta prática não seja comum nos zoos certificados dos EUA, é no exterior e em operações não regulamentadas.

5 - Programas de reintrodução raramente trazem animais de volta a vida selvagem

Vários zoológicos se vangloriam de seus programa de reprodução, o que não dizem é a falta de sucesso da maioria deles. O fato é que o animais não está preparado para a vida selvagem já que não cresceu nele. O que obviamente irá causar a morte do animal.

6 - Reprodução em cativeiro pode ser um presságio para o desastre

Animais cativos na grande parte não escolhem seus parceiros. Podem ser artificialmente inseminados e seus bebês vendidos ou trocados entre zoológicos. Esse tipo de prática de reprodução pode gerar abortos espontâneos, na morte da mãe ou rejeição da mães aos seus filhotes.

7 - Hábitos alimentares podem causar estresse

Animais selvagens como ursos ou tigres são grandes caçadores na natureza. Mas quando sua fonte natural é trocada por alimentação regular de alimentos processados em um zoológico, pode causar estresse a esses animais. Estudos descobriram que alimentação de carcaça mais naturalista reduzem o estresse e comportamentos relacionados.

8 - Zoológico muita das vezes só estão interessados em ganhar dinheiro

Zoológicos são muito famosos pela mensagem que eles tentam transmitir, como protetores dos animais e coisas do tipo. Apesar de todas as reivindicações de interesses ambientais e conservação, zoológicos são feitos para ganhar dinheiro. Os animais são tratados como mercadorias, que só servem para lucrar.

E aí, o que acharam da matéria? Comenta aí e não se esqueça de compartilhar com os amigos, lembrando que seu feedback é sempre muito importante.

Próxima Matéria
Via   Ranker     Petakids  
Imagens Viagarhei Gadoo
Gustavo Camargo
A verdade é que eu queria ser astronauta, mas na minha cidade ainda não tem a escolinha. Instagram: gustavoloopi
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+