• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


8 formas geniais de vender seu corpo na Internet (legalmente)

POR Pietro Bottura    EM Curiosidades      21/08/14 às 00h37

E se você pudesse não apenas sobreviver, mas ganhar um bom dinheiro sem ter que fazer nada além de existir? Ter um nome, cabelo, comer, jogar videogame...Essas são algumas das ocupações que, graças à internet, hoje em dia podem render mais do que profissões de diploma e anos de estudo.

Sabe-se lá como essas pessoas pensaram nisso - e até fica a dúvida sobre até qual ponto foi planejado o seu sucesso - mas é inquestionável que a esperteza com a qual conseguiram prover seu sustento é admirável. Sem mais delongas, aprenda agora que a única diferença entre você e um milionário qualquer é uma ideia boa e/ou um rostinho bonito:

1 - Cantando

O americano Matt Farley já vendeu mais de 14 mil músicas, compondo mais de 500 álbums do iTunes. As músicas falam basicamente sobre nada - inclusive tem uma composta inteiramente pela palavra "merda", seu primeiro hit - mas o que importa é o alcance. Um dos exemplos é uma música que fez chamada "Você irá ao baile comigo, ____?", que tem centenas de versões onde o que muda é apenas o nome usado. Qualidade não é quantidade, mas, nesse caso, quem liga?

2 - Jogando videogame e tendo um sotaque

Joseph Garrett - ou Stampylonghead - é um jogador de Minecraft que grava suas sessões de jogo. Bobo, né? Pois é, mas ele ganha milhões com seu canal no Youtube, mesmo tendo apenas 23 anos e não sendo formado em nada. Tudo que faz é comentar sarcasticamente sobre o mundo de Minecraft e ser assediado por jovens na puberdade.

3 - Comendo

Park Seo-yeon é uma sul-coreana que ganha em torno de 9 mil dólares por mês para fazer o que sua mãe sempre te disse pra não fazer: comer na frente de computador. No país existe toda uma cultura de "gastro voyeurs", que, como o nome sugere, gostam de ver a "Diva" (apelido de Seo-yeon) comendo. Ela trabalha 3 horas por dia e divide o mercado com aproximadamente 3.500 outros comedores, que são até mesmo patrocinados por restaurantes locais.

4 - Tendo cabelo

natalie-portman

Em sites como o Hairwork.com, você pode vender seu cabelo. E se você for um metaleiro ou uma garota de longas madeixas, isso significa uma séria grana. Debra Yerga, por exemplo, vendeu aproximadamente 80 cm de seu cabelo por U$4 mil. E você aí gastando dinheiro no cabeleireiro.

5 - Publicidade facial

a98997_Buy-My-Face2

Existem doidões que tatuam o rosto em troca de dinheiro, mas, no caso de Brits Harper e Ed Moyse, a situação foi um pouco menos invasiva. Em seu site, BuyMyFace.com, venderam áreas de seu rosto para serem escritas com nomes de marcas, usando uma caneta. O valor inicial era de uma Libra inglesa, mas chegou a até 600 dólares. Junto com o rosto, venderam camisetas, canecas e outros souvenirs, juntando aproximadamente 50 mil dólares, que usaram para pagar pelos estudos universitários.

6 - Usando roupa íntima

14806lacy_panties

Se você é mulher e usa calcinha, pronto. Para sites especializados, calcinhas usadas são uma fonte de ouro, especialmente se estiverem com aquele cheirinho da semana passada. Uma usuária chamada "Mia" chegou a vender uma delas por impressionantes 33 mil dólares, pra você que está rindo aí.

7 - Usando camisetas e tendo um nome

a98997_jason-sadler-iwearyourshirt

Se você é homem ou é mulher mas não gosta de usar calcinha, pode seguir o exemplo de Jason Madler, que usou camisetas com logos de empresas diferentes a cada dia, ganhando quase meio milhão por ano. Em 2009, Jason começou cobrando um dólar para usar a camisa de uma empresa, aumentando o valor em 1 para cada dia do ano (até 365 dólares). No primeiro ano ganhou 70 mil, e no segundo 500. Em 2012, leiloou seu sobrenome, mudando-o para Jason Headsets.com, o que lhe rendeu 45 mil dólares.

8 - Desapegando-se da sua alma

a98997_ipoman-vote-1

Sim, já é possível! Graças às redes sociais, como o Facebook, você já pode seguir o exemplo do americano Mike Merrill, que vendeu frações de 1 dólar de sua alma para 100 mil pessoas. Agora, elas podem opinar em qualquer tipo de desejo, como "O Mike deve ter uma vasectomia?" ou "O Mike deve parar de dormir durante a noite?". Ele tinha uma namorada, que inclusive era a maior investidora, mas o relacionamento não durou. Se você quiser um pedacinho dessa alma badalada, ainda dá tempo.

Próxima Matéria
Pietro Bottura
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+