• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


8 imagens de veteranos depois de uma década de guerra no Oriente Médio

POR Isabela Ferreira    EM História      26/06/17 às 15h30

Guerras sempre deixam marcas de tristeza e terror na história do local onde acontecem. A humanidade já sofreu com diversos conflitos, e existem pessoas espalhadas pelo mundo que são obrigadas a conviver com suas consequências, sejam elas diretas ou indiretas. Por mais que terminem, os envolvidos acabam levando consigo traumas, sendo eles físicos ou psicológicos.

O Oriente Médio é uma região muito conhecida por seus conflitos políticos e religiosos, pensando nisso, separamos 8 imagens de pessoas que sobreviveram a uma década de guerras no Iraque e Afeganistão. O trabalho foi idealizado pelos fotógrafos David Jay e James Nachtwey, que tinham como objetivo dar oportunidade ao mundo, de abrir um diálogo sobre questões, nas quais, não nos sentimos confortáveis em falar. Confere aí!

1 - Marissa Strock

Aos 20 anos de idade, Marissa sofreu um terrível acidente. Quando estava andando em seu veículo, passou por um local onde havia uma mina enterrada, fazendo com que ela fosse detonada, e acabou perdendo parte de suas pernas. Estava no local errado, na hora errada.

2 - Bobby Henline

Bobby é o único sobrevivente de um ataque. Ele estava preso dentro de um veículo quando foi atingido por uma bomba em uma estrada do Iraque, e acabou sofrendo com consequências gravíssimas, como podemos ver na foto.

3 - Nicholas John Vogt

Nicholas era primeiro tenente do exército quando foi gravemente ferido por uma mina terrestre, no dia 12 de novembro de 2011, enquanto fazia patrulhas a pé em uma região do Afeganistão. Ele diz que os membros perdidos são como amigos que se vão, ainda queria estar com eles, mas é preciso aceitar, e lembrar dos bons tempos juntos, agradecendo a Deus por o ter deixado vivo.

4 - Jason Pak

Foi no dia 13 de dezembro de 2012, que o também primeiro tenente do Afeganistão, Jason Pak, foi atingido por uma mina terrestre. Teve suas pernas e partes de sua mão explodidos. A mina foi capaz de levar partes de seu corpo, mas não o seu espírito.

5 - Tomas Young

Dois dias após o atentado de 11 de setembro, Tomas se alistou no exército, e apenas 5 dias depois de ser enviado ao Iraque, levou um  tiro na espinha, fato que o deixou paraplégico. Morreu no ano de 2014, em consequência de complicações em seus ferimentos.

6 - Bobby Bernier

Bobby sofreu um atentado onde teve mais de 60% de seu corpo queimado. Foram queimaduras gravíssimas, muitas delas de 3º grau, mas felizmente conseguiu sobreviver.  Hoje, vive com sua pequena filha Layla, apresentada na foto em seus braços.

7 - Cedric King

Cedric é mais uma das vítimas de minas terrestres do Afeganistão. O que fez com que perdesse suas pernas. Foi incentivado pelas filhas a começar a nadar, e assim o fez. Conseguiu terminar a maratona de Boston de 2014 em pouco mais de 6 horas. Também participou da maratona em Nova York. Atualmente trabalha como orador motivacional.

8 - Jerral Hancock

Atualmente, Jerral vive em Lancaster com seus dois filhos, mas já passou por situações de puro terror. Enquanto dirigia um tanque no Iraque, passou por uma bomba que foi capaz de adentrar o veículo, atingindo-o gravemente. Sofreu queimaduras e acabou perdendo o braço.

As pessoas aqui retratadas são verdadeiros exemplos de vida e superação, não é mesmo?! Nos ensinam a aproveitar cada segundo da melhor forma possível. E então pessoal, o que acharam? Comenta aí!

Próxima Matéria
Via   Bored Panda  
Imagens Bored Panda
Isabela Ferreira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+