icone menu


8 maiores medos dos cachorros

POR Erik Ely    EM Mundo Animal      21/12/19 às 22h10
capa do post 8 maiores medos dos cachorros

Assim como nós, os cães também podem sentir vários tipos de medos. Com isso, desenvolvem as suas fobias, que têm várias causas e formas. Basicamente, elas incluem a falta de socialização precoce, fatores genéticos e experiências negativas no passado do animal. Dessa forma, pensando mais sobre isso, resolvemos listar os 8 maiores medos dos cachorros.

Mesmo sem falar, os nossos pets ainda podem demonstrar esses sentimentos de pavor, de diversas formas. Por exemplo, sinais como encolher-se, tremer, babar, latir, comportamentos destrutivos, e alguns casos, até agressivos, podem ser evidências de medo canino.

1 - Medo de trovão

Conhecida como astrofobia, esse é um dos mais comuns medos de cachorros. Além disso, em graus mais leves da fobia, o cachorro pode tremer, ter suas orelhas achatadas e a cauda dobrada durante uma tempestade. Contudo, em casos mais graves, o cachorro pode se esconder, perder o controle de bexiga e intestino, ou ainda, destruir tudo que há pela frente, em completo desespero.

Uma outra curiosidade interessante é que os cães também podem pressentir uma tempestade bem antes do dono. Por isso, também há relatos de cachorros que 'previram' grandes tragédias.

2 - Medo de fogos de artifício

Bem como o medo de tempestades, esses sons altos, que assustam e que possuem uma luz forte, podem fazer os cachorros tremerem de medo. Portanto, para casos mais graves, há tratamentos com medição da ansiedade canina e uso de medicamentos calmantes.

3 - Medo de veterinário

De fato, esse não é incomum de ser encontrado. Logo de cara, ao visitar um veterinário, é possível notar cheiros estranhos, um tratamento diferenciado e claro, as temidas vacinas.

4 - Medo de andar de carro

Esse medo é ligado à falta de passeios de carro quando o cão era pequeno, ou ainda, por conta de traumas passados. Por exemplo, no caso de cães que vão de carro ao veterinário, isso pode ser uma recorrência. Bem como, para os que foram abandonados, depois de andar de carro. Contudo, é possível superar esse medo, com o uso de guloseimas e elogios para atrair o cão.

5 - Medo de subir e descer escadas

Muito das vezes, nem sabemos dessa fobia do cãozinho ser possível. Mas basta se aproximar de alguns degraus, que é logo percebido se for o caso. Com isso, na maioria das vezes, tal fobia está ligada à falta de socialização quando o animal era pequeno. Embora nem todos os cães possam ser persuadidos a enfrentar seus medos, outros precisam aprender a subir as escadas. De fato, com a ajuda dos donos, eles podem aprender a subir sim, degrau por degrau.

6 - Medo de crianças

Com a chegada das crianças, é possível que muitos cachorros se sintam desprotegidos. E além da falta de socialização, é possível que um cão tenha tido uma experiência negativa com crianças. Portanto, mesmo que a intenção da criança tenho sido boa, um cão pode interpretar essas aberturas de afeto, como uma ameaça.

7 - Medo de objetos

Muitos cães podem sentir medo de objetos específicos. Por exemplo, aspiradores de pó, decorações e brinquedos de crianças. Na maioria das vezes, esse medo pode ser resolvido, mas em alguns casos, como uma pintura, pode ser mais problemático, uma vez que não há como retirar o problema de perto do animal e nem modificar o que ele está vendo.

8 - Medo de estranhos

Também podendo ser encontrado como um medo de seres humanos no geral, nesse caso, o cão sente medo de todos que não conhece. Contudo, esse pode ser um problema difícil de ser resolvido. Além disso, não é nada recomendável forçar o cão a aceitar um estranho, podendo ser uma atitude que vai gerar comportamentos agressivos. Por fim, lembre-se de que cada cão possui seu tempo, para aceitar e entender as coisas.


Ei Fatos, não deixe de conferir:

A câmera das meninas desaparecidas revela fotos arrepiantes e sem explicação

Próxima Matéria
avatar Erik Ely
Erik Ely
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.

Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+