• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


8 remédios que todos nós tomamos diariamente e os perigos que eles trazem

POR Mateus Graff    EM Ciência e Tecnologia      07/02/17 às 18h09

Primeiramente queremos deixar claro que nossos leitores que fazer automedicação pode ser algo perigoso, então, se vocês sentirem qualquer sintoma, o melhor é procurar um especialista para que ele possa te indicar a "solução" do problema. E de acordo com a Associação Médica Brasileira, fazer uma automedicação é um risco grande, pois pode mascarar diagnósticos na fase inicial de uma doença grave. Vocês já leram a nossa matéria com os 7 remédios que você não deve tomar por conta própria (se quiser continuar a viver)?

Os efeitos colaterais indesejados pode ser causados por qualquer tipo de medicamento, até esses remédios que nós consumimos para uma simples dor de cabeça ou para ressaca. Tendo isso em mente, nós resolvemos trazer para vocês nessa matéria alguns perigos que remédios do nosso dia-a-dia podem trazer para a nossa saúde, confiram:

1 - Dorflex

A dipirona em excesso pode fazer com que diminua a quantidade de glóbulos vermelhos e brancos e das plaquetas do sangue, além de poder causar uma alergia grave, chamada de choque anafilático. Esse caso é tao grave que nos EUA e Austrália, por exemplo, foi proibido a venda de dipirona. No Dorflex também existe a orfenadrina, que quando tomada em excesso pode levar até a morte.

2 - Neosaldina

A Neosaldina também contém dipirona, que acabamos de citar seus efeitos no item anterior. A Neosaldina é usada para aliviar dor e febre, consumir remédios para dor com frequência pode diminuir e endorfina no organismo, que é um tipo de analgésico natural.

3 - Amoxil

O Amoxil é usado para combater bactérias (infecções), e tem como princípio ativo a Amoxilina. Quando usamos antibióticos, as bactérias pode resistir e assim aumentar a proliferação das superbactérias (aquelas que não reagem ao tratamento com antibióticos comuns).

4 - Torsilax

Um dos princípios ativos do Torsilax é o Diclofenaco sódico, que e um anti-inflamatório que pode afetar a mucosa do estômago, causando uma série de problemas como náuseas, vômito, diarreia, cólicas abdominais, sangramento gastrointestinais e até úlcera.

5 - Neosoro

E quem nunca usou o Neosoro para desentupir as narinas? O problema é que o Neosoro tem como princípio ativo o Cloridrato de nafazolina, que pode ter alguns sintomas perigosos como induzir a tolerância, causar efeito-rebote e até dependência psicológica. Claro que tudo em excesso faz mal, e caso isso aconteça, o corpo vai exigir doses cada vez maiores do medicamento para fazer efeito. Outros sintomas que podem aparecer são a renite, alteração da pressão sanguínea e problemas no coração.

6 - Omeprazol

O Omeprazol serve para aquelas dores no estômago, mas o uso do medicamento pode causar a diminuição da produção de suco gástrico. Bom, quem usa esse remédio por muito tempo pode acabar sofrendo com o efeito contrário, um excesso de gastrina. Mas também pode trazer problemas como afetar os níveis de magnésio no organismo, o que pode levar até a problemas cardíacos.

7 - Tylenol

O paracetamol pode afetar o fígado, pois ele transforma o paracetamol em NAPQI quando é processado pelo órgão. Essa substância é muito tóxica, mas é eliminada rapidamente pelo organismo. Mas o perigo está no consumo em excesso, que me adultos, 4 gramas por dia ou 1 grama de uma vez só pode sobrecarregar o nosso fígado.

8 - Aspirina

A tão conhecida aspirina tem como princípio ativo o ácido acetilsalicílico, e quando é usado em excesso pode causar choque cardiovascular e insuficiência respiratória. Pessoas que sofrem de diabetes tem que tomar muito cuidado, pois a Aspirina em excesso pode levar a hipoglicemia, já que eles usam outros remédios para controlar a doença.

E aí, caros amigos, já sabiam de todos os efeitos desses remédios no nosso corpo? Comentem!

Próxima Matéria
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+