icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


8 segredos da sua infância que seus pais não contariam na frente dos seus amigos

POR Ultra Curioso    EM Curiosidades      05/05/16 às 14h51
capa do post 8 segredos da sua infância que seus pais não contariam na frente dos seus amigos

Uma coisa é fato, todo mundo tem um passado negro. Durante a nossa infância, não nos damos conta da nossa inocência e acabamos por agir de forma impulsiva e imediatista. Ainda bem que os principais "cúmplices" das nossas estripulias foram os nossos pais e, esperamos, que eles não saiam abrindo a boca por aí.

É claro que não há muito o que temer, já que todos os adultos, um dia, foram crianças. No entanto, seu passado está lá, junto com os seus dramas e segredos. Mas os mistérios da infância, listados a seguir, com certeza, foi a realidade de inúmeras crianças.

1 - Xixi na cama

Nada mais comum, durante a infância, do que fazer xixi na cama. Seja por refrigerante demais, pesadelo ou por medo de ir no banheiro na madrugada, vez ou outra, o colchão passa o dia no sol para secar a urina.  Chega a ser um clássico, mas sempre queima o filme.

2 - Brincando com a meleca

Quem nunca brincou com a meleca de nariz? Aquela substância aparentemente curiosa era qualquer coisa, menos nojenta, para uma criança. Saía de tudo: bolinha de titica, obras de arte e antes do almoço, era um prato cheio para muitos pequenos. Acho que as mães nem se lembravam que faziam isso na infância, mas se recordam rapidamente, ao deitar no sofá e ver aquele aglomerado de meleca na almofada.

3 - Correr pra cama da mãe na madruga

Depois de um pesadelo, ao lembrar do monstro do armário ou após assistir escondido "O Exorcista" a cena é certa: sair correndo pra debaixo das cobertas da mãe, apavorado. É difícil superar o medo quando se é criança e a primeira coisa que pensamos é ir ao encontro do colo de mãe. Queima o filme, mas não há nada que se compare à essa sensação.

4 - Uma semana sem escovar os dentes

Para a maioria das crianças, a última das preocupações é escovar os dentes. Depois de brincar o dia inteiro, jantar e ver desenho, a única coisa que você quer é cama. Deve ser por isso que os dentes acabam sofrendo tanto, já que, curiosamente, é na infância que ingerimos a maior quantidade de açúcar e quando mais desenvolvemos as temíveis cáries.  Mas isso dura apenas quando você vai conversar pertinho da sua mãe e - sim, criança também tem bafo - ela finalmente se dá conta da comunidade que está morando na sua boca.

5 - Tomar banho? Nem pensar!

"Vai tomar banho menino!" é a frase que mais parecia sair da boca da sua mãe e a que menos entrava nos seus ouvidos. Não sei por qual motivo os pequeninos tem tanta preguiça de tomar banho, porquê o sentimento ao se lavar é exatamente esse: preguiça. Tem criança que abre o chuveiro e senta no vaso, esperando dar um tempo determinado, mas banho que é bom, passa longe!

6 - Concurso de flatulência

Nada mais divertido para uma criança do que peidar e arrotar. Perde o sentido "nojento" do ato quando acontecem torneios entre os amigos de soltar pum embaixo da coberta ou o abecedário dos gazes do almoço.

7 - Não devolver o troco da padaria

Era só sua mãe pedir pra ir na padaria que seus olhos se enchiam de alegria. Se ela te dava cincão e pedia para trazer o troco, você fazia de tudo pra comprar do mais barato e trazer ou algumas moedinhas pra comprar figurinhas ou o bolso lotado de chiclete.

Se curtiu a matéria, não se esqueça de comentar!


Próxima Matéria
avatar Ultra Curioso
Ultra Curioso
Ultra Curioso o acervo de um dos maiores sites de curiosidades brasileiros.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest