• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


8 séries que te deixam viciado logo no primeiro episódio

POR Gabi Noronha    EM Fatos Nerd      03/01/19 às 15h04

Séries que te deixam viciado logo no primeiro episódio não são tão fácil de encontrar. Para uma obra televisiva alcançar o status de clássica precisa percorrer um longo caminho. Entre eles está a permissão para ser filmada. As emissoras recebem centenas de ideias diariamente, mas apenas algumas são aprovadas. E muitas vezes, os produtores executivos, responsáveis pelo sinal verde, dão um voto de confiança em determinada história e, por isso, encomendam a gravação de somente um episódio.

Chamados de piloto, essa gravação é exibida primeiro para os executivos da emissora. Caso gostem do resultado, ela está liberada para seguir com mais. Caso contrário, é descartada. Isso porque em boa parte dos casos, o piloto é responsável por atrair a atenção do público. Muitas pessoas não se sentem atraídas pela série logo de cara e, por isso, abandonam a história. Mesmo se o resto valha a pena. Separamos alguns títulos que não tiveram esse problema e conquistaram a audiência logo de primeira.

1 - How To Get Away With Murder

Na verdade, não precisamos nem esperar o episódio acabar para nos sentirmos atraídos pela série. Basta assistir à entrada da Professora Annalise Keating (Viola Davis) na turma de Direito Penal. A personagem é uma advogada brilhante. Os alunos se sentem intimidados apenas por sua presença e quando começa a falar, faltam tremer. O piloto faz um ótimo trabalho em apresentar a protagonistas e os principais personagens secundários que a acompanharam numa trama cheia de mentiras e reviravoltas.

2 - The Handmaid"s Tale

The Handmaid"s Tale se mantém como uma das melhores séries dramáticas da atualidade. A história mostra um futuro distópico assustadoramente real, no qual em boa parte dos Estados Unidos, agora conhecido como Gilead, as mulheres tiveram todos seus direitos excluídos da sociedade. Elas foram separadas por grupos; algumas exercem funções domésticas, outras são colocadas para serem reprodutoras e há uma parte enviada a áreas tóxicas para passar o resto da vida recolhendo lixo. A trama acompanha June (Elizabeth Moss), uma Aia que, enquanto precisa aceitar a humilhação diária e estupros mensais para sobreviver, tenta escapar daquela realidade.

3 - How I Met Your Mother

O piloto de How I Met Your Mother se difere de tantos outros do gênero pelo fato de começar a história já estruturada. Como o próprio título diz, sabemos que Ted contará aos seus filhos como conheceu a mãe deles. Então, a série começa no passado, mas com a turma já formada. Com exceção de Robin, acrescentada ainda no piloto. Lilly e Marshall começam a história já como um casal, a personalidade de Barney fica clara desde o início. Da mesma forma, embora Robin não seja a mãe, o piloto a estabelece como núcleo da trama, sendo o grande amor da vida de Ted.

4 - Breaking Bad

Considerada uma das melhores séries de todos os tempos, assim como o resto da obra, o piloto de Breaking Bad é pura arte. Dois homens, um deles apenas de cueca e camisa com uma arma na mão, no meio de um deserto. A cena inicial já deixa o espectador intrigado sobre quem são aquelas pessoas, como elas foram parar ali e o que aconteceu. Esse é outro exemplo de piloto onde não precisamos acabar o episódio para nos sentirmos fisgados pela história e querer mais.

5 - Lost

Por mais que o final tenha gerado controvérsia entre os fãs, Lost é uma série obrigatória em praticamente todas as listas. O piloto forneceu a cena que considerada clássica, Jack abrindo os olhos. O primeiro episódio mostra o acidente aéreo do Oceanic Airlines. O avião cai numa ilha tropical no meio do nada. Como se não bastasse, coisas estranhas começam a acontecer no lugar. Esse é o início da misteriosa jornada dos personagens.

6 - The Good Place

Uma das melhores comédias atuais, The Good Place também concede uma premissa interessante e uma reviravolta já no piloto. Eleonor (Kristen Bell) é uma pessoa ordinária que, por azar, morre jovem demais. Mesmo assim, ela consegue ir para o céu, chamado de "good place". O lugar é dividido por bairros, projetados por arquitetos divinos com a finalidade de proporcionar a melhor experiência para os habitantes. O único problema, no entanto, é que Eleonor sabe que está no lugar errado, pois foi confundida com outra mulher de mesmo nome.

7 - Dexter

Séries sobre serial killer não são nenhuma novidade. No entanto, o piloto de Dexter mostrou muito mais do que mortes e sangue. O primeiro episódio apresentou um protagonista assassino que tinha muito mais a oferecer. Os monólogos de Dexter são essenciais para conquistar o público. A complexidade do personagem é explorada de forma mais profunda. Embora tenha necessidade de matar, ele tem um código de conduta, uma vida social padrão, trabalho, irmã, namorada. O piloto nos instiga a acompanhar como ele consegue equilibrar seus dois lados tão opostos. Uma pena ter acabado da forma como foi.

8 - Prison Break

Apesar da série como um todo ter decepcionado, o piloto de Prison Break fez um ótimo trabalho em captar a atenção do público. Sabemos que existe algo de errado na conduta de Michael Scofield. Ele vai para a cadeia de propósito, mas por quê? Mais tarde, descobrimos que ele tem um plano para libertar o irmão, preso injustamente. E o mais incrível de tudo foi ele ter tatuado a planta da prisão de segurança máxima no corpo. O problema da série é que ela foi planejada para apenas uma temporada, mas com o sucesso, estendeu para mais e, por consequência, perdeu o caminho.

Próxima Matéria
Via   BI     Bustle     SR  
Imagens
Gabi Noronha
Resumindo, é basicamente isso! Para mais aventuras Instagram: @gabinoronhaf Para comentários aleatórios e breves análises Twitter: @gabinoronhaf
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+