• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


8 sinais que sua vocação nunca foi estudar

POR PH Mota    EM Entretenimento      24/06/16 às 15h46

Durante grande parte de sua vida, você precisou passar horas na escola e era obrigado a estudar para poder passar de ano. Apesar disso você sentia que nunca nasceu para estudar e sofria para cumprir essa obrigação.

Se você tinha problemas pra estudar e sempre sentia que você devia estar em outro lugar ao invés de na escola, certamente vai reconhecer os sinais que separamos nessa lista. Você preferia estar dormindo ou fazendo rascunhos nos cadernos do que prestando atenção nas aulas.

Acompanhe essa lista que a gente no Ultra Curioso fez pensando nos dramas que você vivia ao sofrer para estudar.

1 - Você só se dava bem em educação física

1

Na escola, todas aulas eram um sofrimento pra você. Nada fazia sentido e nenhum conteúdo era interessante o suficiente para prender sua atenção. Regras, fórmulas ou fatos históricos nunca entravam na sua cabeça e você só achava aquilo uma perda de tempo gigante.

2 - E vivia dormindo nas outras aulas

2

Para poder aguentar os longos minutos que pareciam uma eternidade durante as aulas, sua única fuga era dormir e ver se o tempo passava mais rápido. Você já estava tão acostumado a dormir que já chegava na sala de aula preparando aquela caminha esperta na cadeira que sentava.

3 - Quando tentava estudar sempre encontrava outra coisa mais interessante

3

Você até que tentava se dedicar a estudar para algumas provas, mas sempre que sentava para isso tinha outra coisa melhor. Preparar um lanche, assistir a um filme ou sair de casa para comprar aquela coisa essencial que você realmente precisa agora, na hora de estudar.

4 - E suas sessões de estudos tem mais fotos no snap do que anotações

4

Se você é um estudante dos tempos atuais, sabe que pegar o snapchat pra mandar aquela foto dizendo que está estudando é um hábito normal. A verdade por trás das fotos, no entanto, é que ao pegar o celular você vai passar muito mais tempo com ele nas mãos do que realmente estudando.

5 - Seus cadernos sempre estiveram em branco

Mechanical and sharpened wooden pencils with a sharpener and shavings lying on a blank lined ringbound notebook

Você até comprava cadernos novo no início de cada ano, pra ter um estímulo, quem sabe. Mas quando chegava nas aulas, não tinha nada pra anotar neles. A única conquista que você realmente tinha na sala de aula era chegar ao fim do ano letivo sem ter anotado nada durante as aulas. Se é que isso pode ser chamado de conquista...

6 - Ou no máximo cheio de rabiscos e desenhos

6

Quando você gastava alguma página do caderno, era pra rabiscar coisas aleatórias, fazer desenhos ou mandar bilhetes. Na verdade, era só pra isso que você comprava o cadernos. Quando estava acordado nas aulas tinha uma opção de lazer para escapar do tédio.

7 - Você nunca entendeu pessoas que iam em plantões na escola

7

Alguns professores sempre insistiam em fazer plantões durante a tarde e você nunca entendeu quem gastava o tempo livre para estudar ainda mais. Já era ruim o suficiente estar na aula, imagina nos momentos extra.

8 - E preferia estar no cinema ou jogando vídeo-game

8

Ao invés de curtir plantões em horário extra, você preferia gastar o seu tempo com outras atividades de lazer, como cinema ou vídeo game. Às vezes, até dormir um pouco mais, já que os professores insistiam em te acordar durante as aulas.

Você realmente odiava estudar se reconheceu essas situações, não é mesmo? Apesar disso, você consegue sobreviver à tortura dos estudos e sair inteiro dessa batalha.

Próxima Matéria
PH Mota
Jornalista que é um encontro Monty Python e A Praça É Nossa.
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+