icone menu logo logo-fatos-desconhecidos.png


8 tendências asiáticas que chocariam qualquer ocidental

POR Mateus Graff EM Mundo Afora 16/09/16 às 15h42

capa do post 8 tendências asiáticas que chocariam qualquer ocidental

A tendência é uma inclinação ou preferência por determinadas coisas ou a fazer determinadas coisas. O termo tendência também é usado como sinônimo de moda, no sentido de se tratar de uma espécie de mecanismo social que regula as escolhas das pessoas. Uma tendência é um estilo ou um costume de algum lugar ou época. Já leu nossa matéria com as 9 modelos que vão te apresentar a beleza escondida do Japão?

Todos vocês usam tendências, seja lá em um corte de cabelo que está na moda ou um sapato que está todo mundo usando, mas vocês já viram como são as tendências orientais? Bom, pensado nisso nós fomos atrás das tendências mais bizarras que podemos encontrar por lá, e temos a certeza que vocês vão ficar impressionados. Então, caros leitores, confiram agora a nossa matéria com as 8 tendências asiáticas que chocariam qualquer ocidental:

1 - Facekini (China)

Cada vez mais as chinesas aderem ao "facekini", uma espécie de máscara que as protege do sol e evita que fiquem bronzeadas quando vão à praia. A pele pálida é muito valorizada na China, onde uma pele morena é associada às mulheres pobres do campo, que trabalham longas horas ao sol. O acessório de náilon tem pequenas aberturas na boca e no nariz e oferece proteção completa contra os raios ultravioletas e também contra águas-vivas e mosquitos. A máscara foi criada há mais de dez anos, segundo a imprensa chinesa, que atribui sua invenção a Zhang Shifan, dono de uma loja de biquínis em Qingdao, na província de Shandong, no leste do país.

2 - Aparelhos falsos

Em alguns países asiáticos, a maioria das pessoas não tem dinheiro para colocar aparelho dentário para corrigir os dentes abertos ou tortos, então, as pessoas que usam são consideradas ricas, e isso sempre atraiu a atenção de muita gente. Sendo asism, aparelhos falsos são usados na boca de muita gente, alguns até tem flores de plástico ou desenhos nos aparelhos, e quando eles sorriem podemos ver uma boca cheia de cores. A tendência começou na China e com o tempo se espalhou para a Tailândia e Indonésia. Confira também a nossa matéria que mostra os fantasmas que estão pedindo táxis em áreas de devastação no Japão.

3 - Injetar solução salina na testa

Piercings e tatuagens são coisas do passado. A novidade dos grupos, digamos, alternativos no Japão é injetar uma solução salina na testa, e pressionar com o polegar. A região fica inchada, com um buraco no centro. O resultado fica bem parecido com uma rosquinha. Para atingir o resultado, a pessoa precisa se submeter a um tratamento de duas horas. Uma agulha é inserida na testa, e por meio dela a solução salina é injetada, aos poucos, na pele. A sensação de receber uma injeção na testa não é nada confortável.

4 - Japoneses Rockabilly

Rockabilly é um dos primeiros sub-gêneros do rock and roll, tendo surgido no começo da década de 50. Com mais de cinquenta anos de atraso, alguns japoneses vão as ruas no estilo rockabilly, montados em suas motocicletas. As mulheres desses grupos, ao contrário das mulheres americanas, podem desempenhar um papel importante nos grupos, até mesmo como líderes.

5 - Animais vivos feitos de chaveiro

Há muitos anos, a prática é comum na China: vendedores oferecem chaveiros feitos com uma pequena bolha de plástico, contendo animais vivos como tartarugas, peixes, salamandras e rãs. Os pequenos animais ficam suspensos num líquido colorido, frequentemente acompanhados de miçangas e outros badulaques, e quase não conseguem se mover. O líquido supostamente contem nutrientes e oxigênio, possibilitando que os bichos sobrevivam alguns dias. Evidentemente, defensores de animais condenam os chaveiros, ressaltando a crueldade do produto, pois os animais inevitavelmente morrem assim que o oxigênio acaba. Na melhor das hipóteses, são libertados do confinamento e passam a ser animais domésticos de pessoas que não estão preparadas para cuidar deles.

6 - Yankii

Jovens delinquentes, que bebem e fumam desde cedo, que frequentam lugares mal reputados e que se envolvem em brigas. Até um país com percentagens de crime baixíssimas, onde as crianças vão naturalmente a pé para casa sem supervisão de um adulto e se pode andar nas ruas a qualquer hora da noite, tem uma pequena percentagem de delinquentes. Desde simples estudantes que faltam às aulas para ir fumar até elementos que fazem parte da Yakuza (máfia japonesa), no Japão eles são chamados de Yankii (uma adaptação da palavra inglesa "yankee").

Famosos por falarem demasiado alto, serem pouco higiênicos, serem rudes e se recusarem a aderir aos maneirismos e à educação implacável da sociedade japonesa, os Yankii são vistos como estando no patamar mais baixo que as subculturas da juventude japonesa podem atingir.

7 - Conjunto de sacolas plásticas

Adolescentes e jovens em Taiwan, principalmente mulheres, estão tirando selfies vestindo uma coisa completamente nova mo mundo da moda, sacolas plásticas. E não são aqueles sacos de lixo preto que nós usamos em casa, são essas sacolinhas de supermercado mesmo, que estão sendo usadas como tops, shorts e até roupas de banho. Estranho, não? A única vantagem que vemos é que as garotas poderão ter várias opções no guarda-roupas.

8 - Casais se vestindo igual

Os relacionamentos estão ficando cada vez mais sérios, e em Seul e outras cidades da Coreia do Sul, surgiu um novo tipo de "compromisso". Os casais estão vestindo exatamente a mesma roupa, sapatos, acessórios e até o mesmo corte de cabelo. Não só existem roupas combinadas, existem cafés, bares e outros estabelecimentos especificamente para esses casais.

E aí amigos, quais dessas tendências vocês acharam a mais bizarra? Comentem!


Próxima Matéria
avatar Mateus Graff
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest