icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


8 truques que restaurantes e supermercados usam para você gastar mais com comida

POR Rafael Miranda    EM Curiosidades      07/11/14 às 19h40
capa do post 8 truques que restaurantes e supermercados usam para você gastar mais com comida

Nós nem percebemos mas nossos estímulos são usados por restaurantes e supermercados para nos levar a gastar mais e quase deixar as calças para pagar a conta. Eles conhecem exatamente os seus pontos fracos. Conheça quais são as principais artimanhas usadas para "aumentar" nossa fome.

1. Nada de $

De acordo com o estudo realizado pela Cornell University School of Hotel Administration, menus com símbolos relacionados ao dólar vendem menos do que cardápios sem "$" ou algo do tipo. Para a pesquisa, assim que o consumidor nota o símbolo, a lembrança remete ao fato de gastar dinheiro e isso faz com que ele aja com mais cuidado. Então colocar valores só com os algarismos e sem o R$ no cardápio é uma forma de diminuir a cautela com que interpretamos o preço do prato.

2. Eles usam valores ''quebrados''

Os designers de menus afirmam que valores terminados em 9, como 9,99, tendem a significar valor e não qualidade. E, segundo algumas pesquisas, valores quebrados podem ser considerados "amigáveis mas disso você já sabe desde a moda das lojas de R$1,99.

3. ''Falar bem'' da comida aumenta o número de vendas

Um menu descritivo sempre anima o consumidor, afirma pesquisa da Cornell University. Especificamente, menus com pratos explicados de maneira até levemente romântica (sabor frutado, textura delicada e suave, etc. etc.) vendem 27% a mais do que menus comuns, diz o resultado do estudo da Universidade de Illinois.
Para o engenheiro de menus Greg Rapp , esse tipo de cardápio "traz o máximo da sensação ao consumidor, aumentando as chances do cliente se sentir satisfeito após a refeição". Outro fator que também pesa para a formulação dos menus é o uso de grandes marcas dentro dessa descrição (sobremesa feita com sorvete X, por exemplo).

4. Eles ligam comida à família

Consumidores gostam quando nomes os nomes dos estabelecimentos têm ligações familiares. Com esse tipo de conexão com o cliente, a meta dos restaurantes é apelar para a nostalgia. Então desconfie quando você encontrar a "Macarronada da Mama" ou o "Filé do Tio".

5. Restaurantes usam termos étnicos para parecerem mais autênticos

De acordo com o experimento realizado pela Oxford, um termo étnico ou geográfico pode atrair a atenção do consumidor para  o tipo de comida daquele local, evocando sabores e texturas.

6. Piso escorregadio

Os pisos mais lisos dos supermercados não servem apenas para que os carrinhos deslizem melhor. "Os pisos costumam ter baixa aderência para que o cliente tome cuidado para não escorregar e ande mais devagar. Assim, ele presta mais atenção nos produtos", conta Marcelo Pontes.

7.  Que horas são?

Imagine um supermercado. Agora tente se lembrar de como são seus relógios. Provavelmente você terá dificuldade. Muitos supermercados e também shoppings não deixam relógios visíveis para que o cliente gaste mais tempo na compra e não se preocupe com a hora.

8. "Que sede"

Infelizmente, em alguns casos também são usadas estratégias desonestas. Existem muitas táticas bem feitas, mas, evidentemente, existem algumas que são questionáveis do ponto vista ético. Alguns salgam a comida para que o cliente peça mais bebida ou usam um tempero mais forte no prato principal para despertar a sede.


Próxima Matéria
avatar Rafael Miranda
Rafael Miranda
Criando forças para segurar o forninho de cada dia. Instagram: @rafaelmiranda17
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest