icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


8 versículos da bíblia que vão te deixar de queixo caído

POR PH Mota    EM Curiosidades      21/09/16 às 15h13
capa do post 8 versículos da bíblia que vão te deixar de queixo caído

A bíblia está cheia de boas mensagens e ensinamentos que continuam sendo reproduzidos ainda hoje entre seguidores de religiões cristãs no Brasil e no mundo. Algumas pessoas podem alegar que certas interpretações fanáticas acabam desvalorizando certas mensagens, mas é inegável que existe uma intenção de bem em diversas passagens que pregam o amor, bondade e solidariedade com o próximo.

Apesar disso, algumas passagens, principalmente se observadas em livros do Velho Testamento, parecem não fazer parte do livro que a maioria das pessoas espera ao pegar a bíblia. São textos que falam de violência, agressão ou assassinato com narrações que parecem tiradas de livros de fantasia como Senhor dos Anéis ou Guerra dos Tronos. É até compreensível considerando a época em que os textos foram redigidos, mas ainda assim é chocante.

Imagine abrir a bíblia numa página aleatória buscando uma mensagem de bondade e inspiração para se deparar com a narração de um violento crime? Confira aqui alguns dos versículos mais chocantes da bíblia que parecem saídos de obras verdadeiramente sangrentas.

1 - Gálatas 5:12

Eu quereria que fossem cortados aqueles que vos andam inquietando.

Durante algumas passagens da Bíblia, é recorrente que se discuta a questão da circuncisão - procedimento cirúrgico que trata da remoção do prepúcio do pênis nos homens. Num dado momento, numa das cartas aos Gálatas, Paulo se mostra tão irritado com a constante discussão que faz o sugestão radical. Se as pessoas estão tão envolvidas na discussão de cortar ou não uma pequena parte do pênis, deveriam cortá-lo inteiro para por fim ao incessante debate.

2 - Números 16:31-32

E aconteceu que, acabando ele de falar todas estas palavras, a terra que estava debaixo deles se fendeu. E a terra abriu a sua boca, e os tragou com as suas casas, como também a todos os homens que pertenciam a Coré, e a todos os seus bens.

Durante um discurso de Moisés para um grupo de rebeldes, ele menciona que Deus poderia fazer algo completamente novo contra esse povo para provar a sua existência. Imediatamente uma gigante fenda se abre no chão e engole todos os rebeldes, bem como suas famílias, suas casas e seus pertences. O evento é um pouco assustador, especialmente para o povo que foi vítima disso.

3 - Ezequiel 23:20

E enamorou-se dos seus amantes, cuja carne é como a de jumentos, e cujo fluxo é como o de cavalos.

No Velho Testamento, antes do nascimento de Jesus e no princípio da humanidade, as mensagens costumam ser mais gráficas e menos sutis do que no restante da bíblia. Durante uma passagem em que Deus conversa com Ezequiel sobre duas prostitutas - numa metáfora sobre as terras de Jerusalém e Samaria - ele faz alusão ao membro e desempenho sexual dos israelenses os comparando com animais.

4 - Gênesis 34:24-25

E deram ouvidos a Hamor e a Siquém, seu filho, todos os que saíam da porta da cidade; e foi circuncidado todo o homem, de todos os que saíam pela porta da sua cidade. E aconteceu que, ao terceiro dia, quando estavam com a mais violenta dor, os dois filhos de Jacó, Simeão e Levi, irmãos de Diná, tomaram cada um a sua espada, e entraram afoitamente na cidade, e mataram todos os homens.

Por falar em relatos gráficos, está aí uma estratégia de guerra bem bizarra e assustadora. Depois que Siquém violentou sexualmente Diná e quis se casar com ela, sua família concordou com uma condição: todos homens da cidade de Siquém deveriam passar por circuncisão. Depois que todos eles passaram pelo processo e estavam se recuperando da cirurgia com dores, os irmãos de Diná invadiram a cidade e mataram todos eles, em vingança.

5 - Juízes 4:21

Então Jael, mulher de Héber, tomou uma estaca da tenda, e lançou mão de um martelo, e chegou-se mansamente a ele, e lhe cravou a estaca na fonte, de sorte que penetrou na terra, estando ele, porém, num profundo sono, e já muito cansado; e assim morreu.

Para um livro com tantas mensagens de bondade e amor, a bíblia tem muito mais histórias de violência e assassinato do que se esperaria. Em uma passagem de Juízes, Sísera um dos chefes do exército de Canaã, durante o reinado de Jebim, decide fugir. Na fuga, encontra Jael, que lhe oferece abrigo. Para a tristeza de Sísera, no entanto, a mulher de Jael acaba o matando de uma forma bem cruel. Usando um martelo, a mulher perfurou o crânio do homem com uma das estacas feitas para prender a tenda.

6 - Salmos 137:9

Feliz aquele que pegar em teus filhos e der com eles nas pedras.

Já deu pra ver que alguns livros da bíblia não medem as palavras na hora de falar de violência e agressão, mas nesse caso a situação parece ainda mais chocante. Talvez durante o contexto é possível compreender a mensagem, já que ele fala de vingança contra a opressão do povo israelense por parte dos babilônios. Ainda assim, visualizar crianças sendo lançadas agressivamente contra pedras não parece nada agradável.

7 - Deuteronômio 25:11-12

Quando pelejarem dois homens, um contra o outro, e a mulher de um chegar para livrar a seu marido da mão do que o fere, e ela estender a sua mão, e lhe pegar pelas suas vergonhas, Então cortar-lhe-ás a mão; não a poupará o teu olho.

O livro de Deuteronômio é repleto de regras estranhas e singulares, mas essa parece se destacar dentre elas por conta de sua especificidade. A situação envolve dois homens trocando socos quando um deles é resgatado pela esposa que decide fazer isso puxando as suas partes íntimas. Quantas vezes será que isso aconteceu para ser necessário a criação da regra? E para piorar a situação, a punição não vai para os homens que estavam brigando, e sim para a mulher!

8 - Cânticos 2:3

Qual a macieira entre as árvores do bosque, tal é o meu amado entre os filhos; desejo muito a sua sombra, e debaixo dela me assento; e o seu fruto é doce ao meu paladar.

O verso parece simples quando colocado solto assim, mas ao perceber que ele faz parte de uma espécie de poema bíblico que fala sobre sexo e relacionamentos, soa totalmente inesperado. Algumas interpretações podem defender o texto dizendo que são apenas metáforas que tratam do amor divino com os homens, mas é bem difícil se desapegar do contexto sexual quando você lê as descrições do texto.

É realmente de ficar com o queixo caído, não é mesmo? Você já conhecia essas passagens? O que achou delas? Conte para a gente.


Próxima Matéria
avatar PH Mota
PH Mota
Jornalista que é um encontro Monty Python e A Praça É Nossa.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest