• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


8 versões alternativas dos filmes da Marvel que nunca iremos ver

POR Toni Nascimento    EM Fatos Nerd      31/07/18 às 15h44

Não há como negar que o Universo Cinematográfico da Marvel, o MCU, é um sucesso estrondoso. Depois de 10 anos, seus mais de US$ 17 bilhões de dólares arrecadados são a prova de que filmes de super-herói realmente funcionam. Apesar de muitos longas não terem sido um sucesso estrondoso, nenhum foi um fracasso de bilheteria.

Se as circunstâncias tivessem sido um pouco diferentes, entretanto, cada um dos 20 filmes lançados seria BEM diferente. Se outros atores fossem escalados, se diretores diferentes comandassem os filmes ou se a política do estúdio funcionasse de outra forma, muitos dos longas de herói mais amados da franquia seriam irreconhecíveis. Nunca saberemos se essas versões alternativas seriam superiores ou não, mas é divertido considerar o que poderia ter acontecido se tivessem seguido outras direções. Longas melhores? Piores? Mais sombrios ou até mais coloridos do que já são? Já teriam ganhado um Oscar? Listamos 7 versões alternativas de filmes da Marvel que nunca iremos ver.

1 - Homem de Ferro com Tom Cruise

Antes do Homem de Ferro voltar às mão da Marvel, ele também esteve sob a tutela da Fox. Desde os anos 1990, a empresa queria realizar o filme com atuação e produção do astro Tom Cruise. O longa ficou tanto tempo parado, sem evolução, que Tom Cruise fez outras dezenas de projetos neste período. Além do mais, demorou tanto que a Fox perdeu os direito do herói para a Paramount, que deu o ponta pé inicial do MCU em 2008.

Tom Cruise com certeza não ficaria devendo na atuação se interpretasse Tony Stark. Porém, Robert Downey Jr funcionou tanto no papel que se tornou um ícone da cultura pop com ele. É difícil imaginar outro ator na pele do personagem.

2 - Thor com Tom Hiddleston... como Thor

Tom Hiddleston foi, durante anos, o maior vilão do MCU. Como Loki, além de contrastar com seu irmão Thor, ele também foi o arqui-inimigo da principal equipe da Marvel em Os Vingadores, de 2012. Se ele brilhou no personagem vilanesco, será que teria feito sucesso na pele do Thor? Pois é, o ator fez teste para viver o super-herói asgardiano e quase conseguiu o papel. Honestamente, acredito que seria um desastre. Os dois primeiros longas do Thor já não são bons filmes. Eles só se seguram porque Tom é um excelente vilão e Chris Hemsworth é um Thor perfeito. Se a escalação tivesse sido diferente, esse núcleo do MCU não funcionaria e todo o resto estaria comprometido.

3 - Capitão América: O Primeiro Vingador com Wolverine

Capitão América: O Primeiro Vingador recebeu muitas críticas positivas quando lançado, mas não envelheceu tão bem. O que muita gente não sabe é que existiam elementos do universo de X-Men inseridos no roteiro original do longa. Inicialmente, os personagens Wolverine (neste caso, interpretado por Hugh Jackman) e Magneto apareceriam inseridos no contexto da Segunda Guerra Mundial. Enquanto Logan seria um soldado indo para o campo de batalha com Steve Rogers, Erik seria apresentado ainda criança em um campo de concentração. Naturalmente, as participações foram barradas devidos aos direitos da Fox sobre os mutantes.

Se tivesse realmente acontecido, o MCU poderia ter sido bem diferente, e poderia ter sido melhor. Se as participações estivessem lá, seria muito mais simples introduzir os X-Men e outros personagens que voltaram para a Marvel agora que a Disney comprou a Fox.

4 - Thor: O Mundo Sombrio dirigido por Patty Jenkins

Patty Jenkins foi aclamada com sua versão de Mulher Maravilha, primeiro filme de herói protagonizado por uma mulher. Antes de se tornar uma das estrelas do DCEU, ela estava confirmada como diretora de Thor: O Mundo Sombrio. Sua contratação ocorreu depois de muito lobby da atriz Natalie Portman. Infelizmente, ela não continuou à frente do projeto. Adivinha porquê. Isso mesmo, o já tradicional argumento das diferenças criativas. A diretora queria uma versão de Romeu e Julieta dos super-heróis, e o estúdio queria uma trama mais genérica. Teria funcionado? Com certeza não teria ficado pior do que o corte final que nos foi apresentado, que é péssimo.

5 - Vingadores: Era de Ultron com Capitã Marvel e Homem-Aranha

Logo após o lançamento de Vingadores: Era de Ultron, o diretor Joss Whedon confirmou que fez um grande esforço para incluir a Capitã Marvel e o Homem-Aranha no longa. No fim das contas, isso não aconteceu. Tudo porque um acordo com a Sony sobre o Homem-Aranha não poderia ser finalizado a tempo, e a Marvel Studios não queria ter que correr para contratar uma atriz para interpretar a Capitã Marvel.

6 - O Homem-Formiga de Edgar Wright

Essa é uma das mais famosas diferenças criativas da Marvel StudiosEdgar Wright era originalmente o roteirista e o diretor do primeiro filme do Homem-Formiga. Ele trabalhou no projeto por anos e abandonou o barco quando percebeu que Kevin Feige, o chefão do MCU, estava impondo elementos do universo como um todo no filme dele. Para ser mais especifico, a participação do Falcão. Eventualmente, Peyton Reed foi contratado como seu substituto (pouco inspirado) e no final fez um trabalho surpreendentemente decente. Apesar de achar que Edgar Wright tenha personalidade demais para fazer um filme que integra um universo maior, me pego pensando que realmente queria ver o Homem-Formiga dele.

7 - Pantera Negra apresentando um dos integrantes dos Jovens Vingadores

Durante a turnê de divulgação de Pantera Negra, o diretor Ryan Coogler confirmou que ele e o co-roteirista Joe Robert Cole consideraram fortemente incluir um super-herói negro adicional no filme, o Patriota. Coogler e Cole desistiram da ideia para se concentrar mais em Wakanda. O que chama atenção é que o Patriota é um dos membros dos Jovens Vingadores. A inclusão do herói poderia ter funcionado como introdução da equipe de super heróis adolescentes e apresentado uma oportunidade interessante de filmes derivados para a fase 4 da Marvel.

8 - Adam Warlock em Vingadores: Guerra Infinita

Depois que Adam Warlock foi introduzido em Guardiões da Galáxia Vol. 2, em uma cena pós créditos, os roteiristas de Vingadores: Guerra Infinita consideraram a introdução completa do personagem no filme. A decisão foi revogada por eles mesmos. Mudaram de ideia depois que perceberam que o filme já teria que se concentrar na busca de Thanos pelas jóias do infinito e nos heróis para impedi-lo. Se introduzido, teríamos uma terceira trama principal em desenvolvimento e provavelmente o filme ficaria muito inchado e sem foco.

E você, queria ter visto esses elementos retirados nas telas? Comenta aqui com a gente e compartilha essa lista nas suas redes sociais. E para você que não virou pó com o estalo do Titã Louco, aquele abraço.

Próxima Matéria
Via   WC  
Toni Nascimento
Nerd, mas principalmente amante do cinema. Mais em @nascimento_toni
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+