• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


8 vezes em que a Marvel e a DC quebraram a Internet

POR Ana Monteiro    EM Fatos Nerd      20/11/17 às 16h30

Marvel e DC tem uma rivalidade desde o começo dos tempos. Nem vale a pena ficar discutindo quem tem os melhores heróis, o melhor universo ou até mesmo quem copiou quem. Os fãs de quadrinhos mais sábios simplesmente aproveitam o melhor de cada uma das editoras separadamente. Mas, uma coisa nós não podemos negar: as duas já quebraram a Internet várias vezes e sabem muito bem como fazer isso. Afinal de contas, quem não adora uma polêmica?

Quantas vezes você já acordou com uma polêmica daquele seu personagem favorito? Ou ficou chocado com algum rumo inesperado dos heróis nos quadrinhos? Separamos os maiores choques já causados tanto pela Marvel quanto pela DC. Preparados?

1 - Estelar

Você deve se lembrar de Estelar como a jovenzinha adorável e alegre de Jovens Titãs, mas os Novos 52 mudaram muito a personagem. A maior crítica que fizeram sobre a nova versão da heroína foi a sua sexualização, já que o novo figurino a deixava praticamente nua. A DC achou que seria uma boa apostar na personagem como um sex symbol, mas os fãs ficaram furiosos. Isso se deu por acreditarem que ela havia se tornado uma personagem a ser constantemente objetificada pelos seus companheiros, e que a heroína deveria ser apenas heróica e inspirar os leitores mais jovens.

2 - Hydra

Capitão América surgiu como um herói que lutava contra nazistas, então, que choque seria maior do que ele mesmo ser um nazista? Isso aconteceu sob a orientação de Nick Spencer e do artista Jesus Saiz. Steve Rogers foi de herói ao maior executor da Hydra quando foi revelado que ele era um agente duplo o tempo todo. Nos meses seguintes, ele consolidou o seu poder e liderou a organização, visando criar um mundo aos moldes da Hydra a partir dos Estados Unidos e o resto do planeta. Essa HQ foi lançada na época da eleição presidencial que elegeu Trump, coincidência? Acho que teve uma indireta aí...

3 - Jason Todd

Se todos tivessem internet em 1988 ficariam chocados com a morte de Jason Todd, o Robin, na HQ Morte em Família. Naquela época, todos pensaram que o personagem tivesse morrido de uma vez por todas. Mas, em 2005 a DC decidiu que a morte era uma farsa e o trouxe de volta não como Robin, e sim como Capuz Vermelho. A revelação de que esse personagem era Jason chocou todos os fãs da editora.

4 - Professor Xavier

Em Avengers vs. X-Men, a Força Fenix retorna à Terra e possui cinco mutantes: Ciclope, Emma Frost, Namor, Magik e Colossus formando o terrível Phoenix Five. O grupo tenta construir uma Utopia para os Mutantes, o que chama a atenção dos Vingadores, que pretendem acabar com esses planos. Juntamente com o Professor Xavier, os Vingadores fazem um último esforço para acabar com Ciclope e Emma Frost, e aí que vem o choque: Ciclope mata o Professor.

5 - Peter Parker morre

Em tese, a morte de Peter Parker não é surpresa para ninguém já que a Marvel o fez mais de uma vez. Em 2011, Brian Michael Bendis deu o fim mais dramático ao herói: durante uma luta contra Duende Verde e Sexteto Sinistro ele morre para salvar Tia May, Gwen Stacy e Mary Jane. Nas suas últimas palavras, ele parece estar feliz por ter conseguido salvar todos como forma de compensar a morte de tio Ben. Essa morte permitiu a introdução de Miles Morales, outro Homem Aranha que os fãs adoram.

6 - Batgirl

A Piada Mortal de Alan Moore é uma das HQs mais memoráveis de Batman. A questão de Coringa ter estuprado Barbara Gordon deixa muitos fãs irados até hoje, e a DC resolveu sexualizar ainda mais a personagem. Na animação escrita por Brian Azzarello, é acrescentada uma história de amor com Batman. E o que deixou os fãs furiosos foi uma cena de sexo entre Batman e Batgirl. Será que esse relacionamento foi realmente necessário?

7 - Casamento da Batwoman

E se por um lado a DC forçou um casal a acontecer, ela também boicotou um casal com muito mais sentido. Durante os Novos 52, a editora não estava muito animada com o casamento de Batwoman e Maggie Sawyer. As duas formariam o primeiro casal de lésbicas a se casarem na editora. Os autores J.H. Williams e W. Haden Blackman pediram as contas na empresa após saber que o casamento não aconteceria. Apesar da DC afirmar que era uma ordem geral contra heróis se casarem, na época os fãs entenderam apenas como conservadorismo. A saída dos autores também fez os fãs pararem de comprar quadrinhos da personagem. Foi homofobia ou um mal entendido?

8 - Publicação de Quarteto Fantástico

Ah, a briga por direitos autorais... A Fox possui os direitos do filme do Quarteto Fantástico e a Marvel encontrou uma maneira estratégica de lutar pelos seus personagens. É simples: a Fox não vai deixar o Quarteto Fantástico retornar para a Marvel e fazer parte do MCU? Então, simplesmente não vai existir Quarteto Fantástico. Foi assim que a editora resolveu a questão: ela simplesmente cancelou os quadrinhos. E aí? Qual será o próximo capítulo dessa briga? Isso ainda vai dar o que falar!

Você é um fã da Marvel ou da DC? Qual outra vez você acha que sua editora favorita quebrou a internet? E qual sua opinião sobre as polêmicas que contamos aqui? Deixe sua opinião nos comentários!

Próxima Matéria
Ana Monteiro
Lok'tar ogar! For the Horde! Cresceu com um Mega Drive, um Super Nintendo e muitos desenhos animados. Jornalista, especialista em cinema, violinista, entusiasta de narrativas de fantasia e presença garantida em mesas de RPG. Muito tsunderismo em apenas 1,54 de altura.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+