icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


9 razões para você não detestar seu último namoro

POR Júlia Marreto EM Entretenimento 27/04/16 às 18h04

capa do post 9 razões para você não detestar seu último namoro

Namorar é bom, né? Sim, uma maravilha, uma delícia, a vida se torna bela e colorida, o mundo sorri diferente para você. A vontade de abraçar todas as pessoas, ajudar os velhinhos a atravessar a rua, adotar cada animalzinho na rua, se tornam transbordantes. Tudo fica mais leve e gostoso. Vocês conhecem os amigos uns do outro, a família, passam a maior parte do tempo juntos, fazendo planos e sonhando juntos.

De repente, a realidade bate à porta. o bonito fica feia, o legal fica chata, os sonhos já se transformaram em pesadelo e o único desejo que existe agora é de matar o outro. Como diz aquele ditado, "no início tudo são beijos e flores, no final, peidos e dores."

Ok, nem sempre os relacionamentos acabam bem, algumas saem até brigados. Só que não precisa ser sempre assim, na verdade, não precisa ser assim nunca mais. E para provar isso, selecionamos um lista com 9 razões para você não detestar seu último namoro. 

1. Um dia vocês se amaram

Talvez a palavra amor seja forte demais para o caso, mas o que importa é que vocês fizeram parte da vida um do outro e, apesar de o amor, ou seja lá o que for, acabou, siga em frente, mas sem perder o respeito pela outra pessoa, nem por você mesmo.

2. Fizeram planos

Ah, qualquer namoro é assim, os desejos se encontram, os sonhos se casam, a vontade de ficar junto é mais forte que qualquer outra coisa. E nada disso foi em vão, pois te fez pensar e repensar várias vezes aquilo que você deseja para sua vida.

3. Dinheiro gasto foi investimento

Desde que a pessoa não tenha te usurpado, está tudo tranquilo. Enquanto você acreditou e quis fazer esse relacionamento, que você creditava que seria para sempre, dar certo, nada foi em vão, nem dinheiro gasto, nem palavras de amor derramadas, nem feriados passados em casa assistindo filme. Pelo único motivo de que você estava investindo naquilo que desejava.

4. Aprendizado

Não interessa, pode vomitar horrores por aí que você é uma pessoa melhor que elx, sabemos que é tudo mentira. Ninguém é melhor que ninguém, nem sabe mais que ninguém e assim devemos seguir acreditando. Por que será que quando o relacionamento começou elx era a pessoa mais importante, o sabe tudo? Então, o encanto acabou e a inteligência e experiência de vida foram embora juntos? Ah, para né?! Saber reconhecer que nesse período que vocês passaram juntos você conseguiu aprender muita coisa (de preferência boa) e melhorar como pessoa é motivo de orgulho.

5. Os pets

Hoje em dia, muitos casais que apenas namoram decidem ir viver juntos, não isso não é ruim. Numa era onde a sexualidade já deixou de ser tabu para muitos, não há maiores motivos para não fazê-lo caso queiram. Mas sentem-se ainda num período muito recente ou apenas jovens demais para terem filhos e acabam optando por adotar algum animalzinho (que deve ser amado e tratado como um filho). E na hora do término fica aquela dúvida, com quem vai ficar o bichinho? Às vezes o ex-casal entra num consenso e um dos dois fica, às vezes a guarda é compartilhada, mas o mais importante é lembrar que esse animalzinho é fruto de uma relação que um dia foi feliz.

6. Aceitar que o namoro acabou

Sim! É uma razão para não odiar o fim do namoro. Quando a gente encara com maturidade o fim da relação parece que tudo fica menos difícil. Aceitar que vocês tentaram mas, que por várias razões não deu certo é sinônimo de que você cresceu e tomou essa parte da vida como aprendizado e vai levar para a história da sua vida as boas lembranças.

7. Compaixão

É muito bonita na teoria, mas não deixa de ser uma das razões para não detestar seu último namoro. É difícil aceitar, ainda mais se a pessoa tiver vacilado. Só que tentar essa prática vai te deixar menos tenso e te ajudará a seguir em frente com o coração aberto, principalmente às novas relações que surgiram daqui pra frente.

8. Sentimentos

Ah, quando acaba parece que o ódio prevalece. Mas como bem sabemos, amor e ódio andam de mãos dadas. Por isso é importante parar para pensar sobre o que você realmente sente, e se não há a menor chance de volta, é bom deixar claro para você mesmo que os sentimentos que ainda existem não são ruins, e sim que são a razão pela qual você se apaixonou a primeira vez por aquela pessoa.

9. Ombro amigo

Não, não estamos falando daquela amizade colorida que você tinha antes do relacionamento, e sim de uma amizade de verdade, com alguém que sabe que pode contar. Que te ajudará não só a passar por esse complicado período, mas vai também te ajudar a enxergar que a vida não se resumo em um namoro e que no mundo ainda existe muita coisa a ser descoberta.

E aí pessoal, gostaram dessas ideias? Será que vale a pena refletir e tentar colocar em prática? Conhecem mais algumas razões para não detestar seu último namoro? Conta pra gente! Não se esqueçam de comentar!


Próxima Matéria
avatar Júlia Marreto
Júlia Marreto
É a dona de um coração esculpido pela literatura e preenchido pelos bons vinhos de Baco. Guiada nas artes da vida por Ares, possui a discreta delicadeza de um elefante pulando carnaval numa loja de cristais! Movida diariamente pelo combustível da vida: o café, essa garota possui raízes profundas na poesia da vida. É muito séria, mas sabe brincar na hora certa. Ama os animais e detesta filme de terror. Apesar de cantar mal, canta com sentimento. E adora musicais! Sua principal tentativa desportiva é o baralho. Ela gosta mesmo é de coisas antigas, apaixonada pela vida e sonha com o universo. Instagram: , @juliamarreto
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest