• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


A estranha e linda amizade entre um urso, um tigre e um leão

POR Jesus Galvão    EM Curiosidades      04/11/19 às 18h47

Vez ou outra, somos surpreendidos pelo feitos dos animais. Seja por sua inteligência ou por alguma outra habilidade, que eles decidem nos revelar. Incluindo formação de grupos e uma amizade tão inesperada, quanto a de um urso, chamado Baloo, um leão, chamado Leo, e um tigre, chamado Shere Khan.

O trio de machos predadores se tornaram melhores amigos desde quando foram resgatados ainda filhotes das mãos de um traficante de drogas em Atlanta, no estado norte americano da Georgia, em 2001. Desde então, eles passaram a ser chamados de BLT. Sendo esta uma sigla formada com as primeiras letras, em inglês, dos nomes que caracterizam suas espécies (bear, lion, tiger).

"O BLT exibia sinais de ser um trio ligado desde o momento em que os vimos quando chegaram à Arca de Noé" disse Allison Hedgecoth, curadora do Santuário de Animais da Arca de Noé, onde vivem os predadores, ao The Huffington Post. "Eles já estavam procurando um ao outro por conforto e demonstravam afeto aconchegando-se, cuidando e brincando um com o outro".

Para a Hedgecoth, a aproximação dos animais no início não era de todo surpreendente. Para ela, o que realmente se tornou excepcional foi o tempo de duração desse laço, que já possui 15 anos.

"Antes de atingirem a maturidade sexual, muitas vezes os animais formam laços únicos com membros de outras espécies", disse ela à BBC. Ela ainda explicou que os animais costumam se separar à medida que envelhecem. "O que foi surpreendente é como eles mantiveram esse vínculo, essa unidade familiar até a idade adulta".

De acordo com o santuário, os animais foram resgatados quando a polícia invadiu o porão da casa de um traficante há 15 anos. Na época, os animais tinham poucos meses de vida.

Amizade animal

"Quando eles foram trazidos ao santuário pela primeira vez, Baloo, Shere Khan e Leo estavam feridos, assustados e se agarrando um ao outro por conforto", explicou Hedgecoth.

O pequeno Leo, um leão africano, foi encontrado dentro de uma pequena caixa. Ele apresentava um ferida aberta e infectada em seu nariz. Quando foi encontrado, Baloo estava usando um arnês tão apertado que estava enterrado em sua carne. O que lhe causava dor extrema. O tigre-de-bengala, Shere Khan, precisou receber cuidados urgentes, pois se encontrava muito abaixo do peso.

O resgate dos animais contou com a ajuda do Departamento de Recursos Naturais da Geórgia. Eles foram os responsáveis por levá-los ao santuário. Todos três precisaram receber tratamentos devido à infecção de parasitas e por estarem desnutridos.

A condição de vida dos animais era tão precária, que os agentes de saúde decidiram não soltá-los novamente na natureza. Assim, eles foram mantidos para viverem na reserva de 250 acres, localizada em em Locust Grove, na Geórgia. O trio era inseparável, e, por isso, a equipe do santuário optou por mantê-los no mesmo habitat.

"Embora eles morem em um recinto de três acres, eles geralmente ficam a cerca de 30 metros um do outro", disse Hedgecoth. "Isso é prova de que eles não estão apenas coexistindo ou coabitando, eles realmente gostam da companhia um do outro".

De acordo com os funcionários, a parte mais difícil é garantir que as necessidades de todos os três sejam atendidas simultaneamente. O que inclui as necessidades nutricionais, comportamentais e cuidados médicos.

Porém, o santuário, que cuida de mais de 1.500 animais com ajuda de doações, faz o melhor para que eles se sintam muito confortáveis.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião. Posteriormente, não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+