• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


A história da esposa que vendeu o marido para a amante

POR Cristyele Oliveira    EM Curiosidades      14/01/20 às 22h37

Quando a gente acha que já viu de tudo nesse mundo, a gente está redondamente enganado. Porque quanto mais a gente vive, mais a gente se surpreende. O ser humano já mostrou, inúmeras vezes, que é capaz de tudo e um pouco mais. Quando se fala de relacionamentos, casamentos e traições, já vimos muitas coisas. De brigas e barracos, até separações. Quase sempre as pessoas optam por uma separação, mas sempre tem uma história ou outra, que foge à regra. Algumas muito peculiares, diga-se de passagem, como essa, que aconteceu no Quênia.

Quando uma esposa chegou em casa e encontrou o seu marido, que tinha desaparecido sem dar satisfação há mais de sete dias, ele estava na cama do casal, com outra mulher. Quase uma novela mexicana, mas no caso, queniana. Edna Mukwana, nome da referida esposa, não pensou duas vezes, antes de expulsar o marido traidor de casa. Mas o mais curioso dessa história, é que, antes disso, ela ofereceu vendê-lo, para a sua amante, por 2 mil xelins quenianos, o equivalente a 80 reais. E não é que a amante aceitou a oferta?

A venda do marido

Pelo visto, o marido já não era dos melhores há algum tempo. Ele teria saído de casa e não tinha voltado há cerca de uma semana, e quando voltou, ainda trouxe uma amante. Quando sua esposa chegou e flagrou os dois na sua cama, foi o estopim. Ela o expulsou de casa, sem pensar duas vezes.

Mas devido à situação financeira da família, ela decidiu unir o útil ao desagradável. Ela ofereceu vender o marido para a amante por 2 mil xelins quenianos, o que para nós pode não ser muita coisa, mas para ela, era uma quantia razoável.

Não ficou bem claro, se ela realmente esperava uma resposta da amante do marido ou se estava apenas ironizando a situação, já que o marido não vale nada para ela. Mas o fato é que a amante apareceu com uma contraproposta para esse negócio. Ela ofereceu 1.700 xelins quenianos (R$ 70). Para quem já queria se livrar do marido, a mulher traída decidiu aceitar a proposta. Segundo a esposa, ela pegou esse dinheiro para comprar roupas novas para os filhos poderem passar o ano novo.

A separação

Ao que parece, pelas declarações de Edna, essa separação foi um ótimo negócio, literalmente. "O meu marido é casado com o álcool e com a prostituição. Eu falei à mulher que desse 2.000 xelins, mas ela me mandou 1.700", disse Edna. "Eu usei todo o dinheiro para comprar roupas de ano novo, para as crianças".

Quando questionada sobre qualquer possibilidade de reconciliação e sobre aceitar o agora ex-marido em casa, ela foi bastante clara. Edna disse que a chance era igual a zero, até porque, segundo ela, não queria começar o ano novo, com um encosto de 2019. Errada não está, não é mesmo?

E você, o que achou dessa história? O que faria no lugar dessa esposa? Conta para a gente nos comentários e aproveite para compartilhar com os seus amigos.

Próxima Matéria
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+