• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


A história do menino que perdeu parte do crânio para salvar a mãe de um estupro

POR Diogo Quiareli    EM Curiosidades      20/02/20 às 16h05

Todos nós temos um lado "super-herói", que despertamos em alguma situação da vida. Geralmente, não suportamos ver algo que consideramos abominável acontecendo diante dos nossos olhos. É como sair na rua e ver uma pessoa agredindo um idoso, nossa reação comum é intervir e tentar melhorar a situação. Isso é ainda mais intenso, quando algo acontece com alguém que amamos muito, como nossos pais, filhos e amigos. Um caso surpreendente a um jovem, mas as coisas não tiveram um final tão feliz assim. Na verdade, não acabou nada bem para o super-herói do mundo real. Um menino perdeu parte do seu crânio para salvar a mãe.

Vanya Krapivin estava se recuperando bem, após perder parte do osso do crânio frontal. Isso aconteceu durante um ataque, em maio de 2017. No entanto, ele contraiu gripe e infelizmente morreu. A história do menino é bastante emocionante, e na época em que aconteceu, rodou o mundo. Diversos portais de notícia contaram o acontecimento e todos torciam para uma boa recuperação de Krapivin. Se você não sabe da história, confira conosco a seguir e surpreenda-se. Aproveite desde já, para compartilhar com seus amigos. Sem mais delongas, vamos lá.

A história do menino que perdeu parte do crânio para salvar a mãe

O jovem tinha 16 anos e era de Severodvinsk, no noroeste da Rússia. O menino voltou da escola e encontrou um vizinho em cima de sua mãe, Natalia Krapivina. A mulher estava encharcada de sangue, no momento em que o garoto a viu. Roman Pronin estava tentando forçá-la a fazer sexo com ele, então, Vanye pegou um haltere de 3 quilos e bateu no homem com ele. No entanto, o homem, de 37 anos, tomou o objeto do menino e bateu em sua cabeça antes de fugir. Ele acreditava que a mãe e o filho estavam mortos.

Os vizinhos, que ouviram os gritos, encontraram os dois inconscientes em poças de sangue. Vanya ficou em coma por 9 meses, enquanto sua mãe se recuperou, após ser esfaqueada 27 vezes. Os cirurgiões tiveram que remover um pedaço do seu cérebro. Isso fez com que o apresentador de TV, Andrey Malkhov, lançasse uma campanha. Ele buscava então arrecadar fundos, para comprar placas de titânio para o crânio. Além disso, queria cobrir outras despesas médicas.

Um ano depois do ataque, o menino mostrou "leves sinais de consciência". Em junho, Vanya começou a reconhecer sua enfermeira e já conseguia comer alimentos liquidificados. Um mês depois, ele foi transferido para Moscou, para um centro de reabilitação. Ele estava recebendo ajuda de várias pessoas até então. Em outubro, contraiu a gripe. Infelizmente, isso fez com que ele morresse e sua mãe diz se culpar pelo acontecimento do filho. O estuprador foi capturado e responderá por assassinato. Será condenado pelo crime contra o garoto e sua mãe.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comenta então pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Vale lembrar que o seu feedback é muito importante para nós.

Próxima Matéria
Via   News Sky  
Diogo Quiareli
Geminiano, 25 anos, goiano.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+