• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


A história por trás de Manu Chao, o astro que renegou a fama

POR Erik Ely    EM Entretenimento      20/04/20 às 09h16
foto de destaque

Mesmo sendo famosos no mundo todo, Manu Chao pode ser considerado um astro que renegou a fama. Isso porque, o artista prefere cantar em bares e apoiar causas minoritárias. Assim, sua presença se torna um verdadeiro presente para o fãs. Contudo, por conta da epidemia de coronavírus, mesmo distante, o artista pôde se reconectar novamente com seus fãs.

Nas últimas semanas, Manu Chao fez algo que andava tentando evitar desdo o início de sua fama: equiparar-se a grandes astros, que estão fazendo lives pela internet. Porém, em um momento tão delicado, pudemos conhecer um pouco mais do artista, já que ele trouxe canções para aliviar o confinamento das pessoas. Com esta ação generosa, o cantor pôde lembra o único que ainda estão por aí. De fato, ele não está desaparecido, mas sim, fazendo o que sempre fez, se esquivando do sistema.

Não vai a festivais, não lança discos e não usa celular

Isso pode ser uma surpresa para muitos, mas Manu Chao não tem gravadora. Além disso, ele não faz turnês como as dos artistas de sua categoria. E mesmo tendo ofertas para tocar nos melhores festivais do mundo, não as quer. Ele também não se interessa por entrevistas, não lança discos, não aparece para receber prêmios e não usa celular. Entretanto, isso não o impede de fazer tudo aquilo que um músico deve fazer.

Você pode encontrá-lo atuando num bar de bairro, sem avisar, ou disfarçado com outro nome. Ou ainda, fazer como a maioria de seus fãs e ouvir suas músicas em seu site. De fato, não existe um músico como ele nos últimos anos. Afinal, quem seria capaz de dar as costas ao sistema quando poderia tirar tantas coisas dele? Para se ter uma ideia, Chao foi um campeão de vendas em nível mundial no final dos anos 1990, com discos como Clandestino (1998) e Próxima Estación, Esperanza (2001). Juntos, os dois discos venderam mais de quatro milhões de cópias.

Canções simples, mas que mostram a sinceridade por trás do artista

Manu Chao viu as longas garras da fama chegarem perto demais e fugiu. As encontrou, olhou-as de frente e preferiu seguir outro caminho. Ao contrário do que muitos artistas almejam, sua missão não é viver uma rotina de músico. Mas sim, viajar com sua mensagem. Entre suas principais inspirações, podemos citar Bob Marley, que também se tornou uma referência para seu estilo de vida.

Deixa o grupo Mano Negra, foi um momento arrasador para Chao. Nessa época, ele chegou a cogitar deixar a música. Dessa forma, o final do grupo lhe causou muito desgaste e isto virou uma bola de sentimentos. E foi no meio de tudo isso que ele lançou o álbum "Clandestino". Mesmo não esperando nada disso, as vendas do discos se equipararam as de Britney Spears e Eminem. Uma coisa não podemos negar, Chao era um sucesso. Contudo, ele não queria tocar com Britney Spears ou Eminem, ele queria tocar com os desconhecidos de seus bairro. E é isso faz Mano Chao ser quem ele é. Em sua última música, "Mi Liberdad", ele canta "minha liberdade, minha companheira, minha liberdade, minha solidão".


Ei Fatos, não deixe de conferir:

2 SINAIS QUE FALTAM PARA JESUS VOLTAR - E SE FOR VERDADE

Próxima Matéria
Via   EL PAÍS  
Imagens EL PAÍS CCMA
avatar Erik Ely
Erik Ely
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.

Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+