icone menu logo logo-fatosnerd.png


A história por trás do Super Saiyajin 4

POR Letícia Dias EM Fatos Nerd 28/04/20 às 15h54

capa do post A história por trás do Super Saiyajin 4

A franquia Dragon Ball já existe há trinta e seis anos e conta com incontáveis fãs ao redor do globo. Embora o universo criado por Akira Toriyama seja aclamado em todos os quatro cantos do mundo, não quer dizer que seja completamente perfeita. Na verdade, existe uma série que grande parte do público gostaria de esquecer. Sim, estamos falando de Dragon Ball GT. Desde sua estreia em 1996 essa narrativa vem dividindo opiniões. Aliás, sua recepção foi tão polarizada que ela nem faz mais parte do cânone de Dragon Ball, tendo sido substituída por Dragon Ball Super. No entanto, é certo que existem alguns elementos bastante memoráveis na saga GT, como o Super Saiyajin 4, por exemplo.

Apenas recapitulando, GT apresentou o vilão Baby, o qual utilizou Vegeta como hospedeiro e derrotou facilmente Goku em sua forma Super Saiyajin 3. Em seguida, Kakaroto desencadeou uma nova transformação e o vimos se tornar um macaco colossal. Quando acreditamos que não dava pro Saiyajin ficar mais apelão, ele vai e assume a forma de Oozaru Dourado, e depois, a consolida em uma forma humana. Como resultado disso vimos o Super Saiyajin 4, uma forma que fugia completamente das transformações Saiyajin anteriores. Em suma, Goku manteve grande parte de sua fisionomia natural, porém, a mesma estava mesclada com suas origens símias, apresentando uma imagem bestial. O cabelo longo e preto contrastava com um corpo coberto por uma pelagem vermelha brilhante.

Mais ao final da série, Vegeta conseguiu a transformação de maneira semelhante. Em seguida, após uma Fusão com Goku, o príncipe Saiyajin se tornou parte de Gogeta, outro Super Saiyajin 4. No entanto, a recepção do público em torno dessa forma foi muito mista. Enquanto alguns elogiaram seu design autêntico e inspiração na genética dos Saiyahins, outros odiaram a aparência.

O Super Saiyajin 4 na franquia Dragon Ball

Assim como mencionamos acima, Dragon Ball GT foi sobreposta por Dragon Ball Super. Esta última, por sua vez, ignorou completamente a forma Super Saiyajin 4 e introduziu suas próprias transformações, Deus Super Saiyajin, Super Saihajin Blue e Ultra Instinto. Essas novas formas são ramificações da forma canônica Lendário Super Saiyajin, apresentada em Dragon Ball Super: Broly. Coincidentemente, o conceito da mesma é bastante parecido com a do Super Saiyajin 4. Por fim, desde a conclusão de GT, só vimos o Super Saiyajin 4 ser usado em séries e videogames não canônicos e merchandising. Ademais, é improvável que a polêmica transformação seja reintegrada no cânone oficial da franquia. Pelo menos, à curto prazo.

E então, qual sua opinião acerca do Super Saiyajin 4? Gostaria de ver a transformação retornar à franquia? Compartilhe sua opinião com a gente.


Próxima Matéria
Via   CBR  
avatar Letícia Dias
Letícia Dias
Trabalhando pra falar de super-heróis, filmes e séries em tempo integral | @letdiax
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest