icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


A qual animal pertencia esse ovo misterioso achado na Antártica?

POR Bruno Dias    EM Curiosidades      22/06/20 às 15h04
capa do post A qual animal pertencia esse ovo misterioso achado na Antártica?

Os fósseis são elementos muito importantes para os pesquisadores. Eles são capazes de nos fornecer informações sobre o nosso passado. Talvez de um momento da história em que nem estávamos aqui para testemunhar os ocorridos. Os fósseis são um exemplo do quanto podemos aprender sobre uma época na qual o ser humano ainda nem existia, há milhares de anos.

E a cada descoberta arqueológica feita vamos conseguindo moldar um pouco mais do nosso passado e descobrir alguma coisa a mais sobre as criaturas que caminhavam no nosso planeta. Nem sempre os achados são identificados logo de cara.

Como foi o caso dos pesquisadores do Chile que descobriram um fóssil misterioso na Antártica, em 2011. Eles fizeram a descoberta em uma expedição à ilha Seymour. O fóssil se parece com uma bola murcha e mede 28 centímetro por 18 centímetros.

Em 2018, Julia Clarke, professora do Departamento de Ciências Geológicas da Jackson School, viu que o fóssil poderia se tratar de um ovo vazio. E durante quase uma década o fóssil ficou na coleção do Museu Nacional de História Natural do Chile. Período que passou sem ser estudado ou classificado.

Então, uma análise feita por pesquisadores da universidade conseguiu identificar que o fóssil é, na verdade, um ovo gigante de casca macia. De aproximadamente 68 milhões de anos atrás. Ele é o maior ovo desse tipo que já foi descoberto. E o segundo maior de qualquer animal conhecido.

Observações

Esse é o primeiro fóssil de ovo encontrado na Antártica. E além disso, o espécime aumenta os limites do quanto os cientistas pensavam que um ovo de casca macia podia crescer.

Esse fóssil também é bastante significante porque os pesquisadores consideram que ele pode ter sido de um réptil marinho gigante já extinto. Como por exemplo, um mosassauro. Isso desafia o pensamento de que animais como esses não colocavam ovos.

Por mais que o ovo seja de um animal do tamanho de um dinossauro grande, ele é bem diferente de um ovo de dinossauro. Segundo Lucas Legendre, autor principal do estudo, o ovo é parecido com os de lagartos e cobras. Mas ele pertence a um animal muito maior do que esses.

Identificação

Para conseguir estudar as amostras que foram encontradas nas várias camadas de membrana, Legendre usou microscópios. E nisso, ele conseguiu confirmar que de fato o fóssil era um ovo.

E como o espécime não tem nenhum esqueleto, o pesquisador precisou usar outros métodos de análise. Para conseguir identificar  qual tipo de réptil o ovo pertencia. Depois de agrupar um conjunto de dados e comparar o tamanho do corpo de 259 répteis com seus respectivos ovos, Legendre chegou a uma conclusão.

Ele concluiu que o réptil que tinha botado o ovo que ele estava estudando tinha, pelo menos, sete metros de comprimento.

Onde o fóssil foi encontrado também foram achados esqueletos de mosassauros e plesiossauros, tanto bebês quanto adultos. E segundo o pesquisador, vários autores levantaram a hipótese de que a formação rochosa pode ter funcionado como um tipo de berçário. Um ambiente seguro onde as criaturas mais novas conseguissem crescer.


Próxima Matéria
Via   BBC  
Imagens BBC
avatar Bruno Dias
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest