• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Abiy Ahmed, o homem que ganhou o Prêmio Nobel da paz de 2019

POR Bruno Dias    EM Curiosidades      11/10/19 às 19h04

O Prêmio Nobel é um dos mais importantes do mundo. Ele premia e reconhece as pessoas, que realizam pesquisas de grande valor para a vida e bem-estar do ser humano. São várias as áreas premiadas: literatura, matemática, biologia, medicina, o nobel da Paz e várias outras.

Alfred Nobel foi o criador da dinamite. E foi ele também o inventor do Prêmio Nobel. Ele criou o prêmio depois de sofrer um enorme desgosto ao ver sua invenção, ceifando vidas inocentes. Ele então decidiu criar o prêmio para reconhecer aqueles que, de alguma forma, fizessem o bem à humanidade.

O último Nobel da Paz foi dado ao primeiro-ministro da Etiópia, Abiy Ahmed Ali, por causa dos seus esforços de reaproximação com a vizinha Eritreia, depois de uma das mais longas e violentas guerras da África.

Em suma, o anúncio foi dado em Oslo, na Noruega, e contrariou a expectativa das pessoas, que não apostavam nele ganhando. O outro candidato, que era o favorito da época, era o cacique kayapó, Roni Metuktire.

Ele foi indicado ao prêmio, por causa das suas décadas de militância a favor da demarcação de terras indígenas, no Brasil. E também Greta Thunberg, uma sueca líder do movimento global pelo meio ambiente.

Berit Reiss-Andersen, o presidente do Comitê Nobel, entregou o prêmio ao primeiro-ministro e falou sobre os esforços "para alcançar a paz e a cooperação internacional, principalmente por sua iniciativa decisiva destinada a resolver o conflito na fronteira com a Eritreia".

Conflito

A Etiópia é o segundo país mais populoso da África e a Eritreia é o seu menor vizinho. Eles estão em guerra há 11 anos, e esse conflito deixou 80 mil mortos e separou duas nações, que tinham laços ancestrais.

No século XIX, os etíopes conseguiram rechaçar as investidas colonialistas da Itália. E as resistências da Abissínia, Eritreia e Etiópia ajudaram a construir uma mística, em torno do orgulho nacional. E ele continua existindo até hoje.

Em 1935, a Itália, comandada por Benito Mussolini, ocupou o país com sucesso. Esse foi um dos episódios que ficaram na raiz da Segunda Guerra Mundial, que começaria quatro anos depois.
Em 1940, os italianos saíram da região e ela ficou sob o domínio britânico. Esse novo domínio durou de 1942 até 1952. Posteriormente, as Nações Unidas reconheceram a soberania dos estados da Eritreia e Etiópia. Posteriormente, foi quando os conflitos, que marcam a história das nações, começaram.

O Front Eritreu de Libertação enfrentou os etíopes em 1989, e conquistou a sua independência em relação à Etiópia, em 1993. E nos anos 2000, um acordo de paz, entre as duas partes, foi firmado. Mesmo assim, a tensão entre os países se manteve, até 2018. Essa situação ficou conhecida como "estado de guerra" ou de "nem guerra, nem paz".

Ganhador

Nos primeiros 100 dias de governo, ainda em 2018, o primeiro-ministro colocou fim em várias medidas, que tinham sido adotadas por causa da guerra e do estado de tensão, que foi instalado depois do acordo de paz de 2000.

Ele então implantou um estado de emergência, que diminuiria vários direitos individuais, anistiaria milhares de prisioneiros políticos e terminaria com a censura à imprensa. Ele também demitiu políticos e militares, que estavam envolvidos em casos de corrupção. E ainda aumentou a participação das mulheres no governo.

Essas ações foram uma forma concreta dos planos de paz, que estavam sem conclusão, desde 2000. Uma das principais divergências era a resistência etíope em entregar a cidade da fronteira de Badme, aos seus vizinhos eristeus.

Até mesmo a comunicação telefônica entre os países, que não existia, foi restaurada. As famílias, que eram separadas, puderam se reencontrar. E até mesmo, os voos entre as capitais foram retomados.

O presidente do comitê viu que "sem dúvida, algumas pessoas podem pensar que o prêmio deste ano está sendo dado cedo demais". Ele então disse que "nós acreditamos que os esforços de Abiy Ahmed merecem reconhecimento e encorajamento".

Próxima Matéria
Via   Nexo jornal  
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+