• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Afinal, quem escreveu ''Parabéns pra você'' e fica com todos os royalties da música?

POR Bruno Dias    EM Curiosidades      05/12/19 às 13h48

Comemorar aniversário, para muitas pessoas, é uma coisa boa, contudo, existem aquelas pessoas que não gostam. Para alguns, é uma celebração de vida, mas para os pessimistas, é um ano de vida a menos. Seja como for, essas pessoas têm a possibilidade de escolher celebrar ou não. Mas independente de qual for a sua visão sobre aniversário, pelo menos alguém vai te dar os parabéns.

A música "Parabéns a você" pode ser uma das mais reconhecidas. E com certeza, você já a cantou muito, mais vezes do que até mesmo sua música preferida. Desde pequenos, nós aprendemos a cantar essa música quando alguém faz aniversário. Mas você já parou para pensar, quem escreveu essa canção?

De acordo com o Escritório Central de Arrecadação e Distribuição (Ecad), que é o órgão responsável pela arrecadação de direitos autorais, essa música ainda é uma das mais executadas em todo o país. E por ter um autor, a música recebe direitos autorais sempre que ela é tocada em público ou usada em filmes, novelas, programas de rádio e TV.

Segundo o Ecad, a música "Parabéns a você" está, há quatro anos, entre as duas mais tocadas no segmento Música Ao Vivo e Salão de Festas. O que o Ecad não divulga é quantas vezes a música foi tocada ou o quanto ela arrecadou por ano.

Origem

A autora da versão brasileira dessa música é Bertha Homem de Mello, que a criou há 70 anos. A única herdeira de Bertha é sua filha, Lorice Homem de Mello. A mulher recebe 16,66% de tudo o que o Ecad arrecada. O restante é dividido por igual, entre a editora Wrner Chappell, detentora da música original, e os herdeiros da cantora americana.

Mas o que ninguém sabe, é que a maioria das pessoas, se não todas, cantam errado a versão da música clássica de aniversário. Eliana Homem de Mello Prado, é neta de Bertha, e conta que os versos são cantados errados.

Primeiro o próprio nome e primeiro verso da música já está errado. Originalmente é "parabéns a você" e não "para você", como todos cantam. E também o certo seria "muita felicidade", pois geralmente as pessoas cantam no plural.

"Minha avó ficava louca da vida, quando ouvia cantar da letra errado, porque ela sempre foi muito vaidosa. Então, eu não me permito cantar do jeito errado. No trecho da música 'é pique', eu começo a cantar, mas antes eu não canto", comenta a neta da autora.

Mudanças

O que muitos também não sabem é que, por mais de três décadas, Bertha ficou sem receber metade dos direitos autorais. Tudo porque, em 1978, o produtor musical Jorge de Mello Gambier firmou um contrato, por ter adicionado mais quatro frases na música.

O que Gambier criou foi: "A você muito amor / E saúde também / Muita sorte e amigos / Parabéns, parabéns", cantado na mesma melodia da música. Em 2009, a família de Bertha conseguiu resolver a situação. E a editora Warner retirou o nome de Gambier, como coautor.

Nascimento

A música foi criada em 1875, nos Estados Unidos, pelas irmãs Mildred e Patrícia Hill. Elas eram professoras primárias. Elas compuseram uma pequena quadra, chamada "Morning to all", para que seus alunos cantassem de manhã, antes da aula começar.

Em 1924, depois de cinco décadas, uma editora americana lançou o livro de partituras "Celebration Songs" e pegou emprestada a melodia, feita pelas irmãs, para criar uma música que seria cantada em festas de aniversário. Foi então que o "Happy Birthday" nasceu. A música ficou popular em 1933, quando ela foi usada em uma peça de teatro da Broadway.

Próxima Matéria
Via   G1  
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+