icone menu


Além de Harry, conheça príncipes e princesas que abandonaram a realeza

POR Bruno Dias    EM Curiosidades      14/01/20 às 20h46
capa do post Além de Harry, conheça príncipes e princesas que abandonaram a realeza

Família Real Britânica está entre as mais comentadas, populares e importantes do mundo. Ela ocupa o topo das famílias reais mais famosas de todos os países. E possui ainda os bens mais preciosos, como terras, castelos e até mesmo leis que só se aplicam a eles. Pessoas do mundo inteiro viram seus olhos para eles, quando algo acontece por lá. E todos os olhos se viraram para essa família, recentemente, por causa do príncipe Harry e de Meghan Markle.

O filho mais novo do príncipe Charles e sua esposa abdicaram do posto de membros seniores da Família Real Britânica. No dia oito de janeiro de 2020, o duque e duquesa de Sussex anunciaram, através sua conta do Instagram, a decisão que tomaram. No comunicado, o casal disse ao mundo, sua intenção de se tornar financeiramente independentes e de dividirem o seu tempo, entre o Reino Unido e os Estados Unidos.

Nesse comunicado dos dois, o casal disse que planeja "construir gradualmente um novo papel dentro desta instituição". Eles disseram que a decisão foi tomada depois de meses de reflexão e discussões internas.

Harry e Meghan

"Nossa intenção é deixar de sermos membros seniores da família real. E trabalhar para ser financeiramente independentes. Ao mesmo tempo em que continuamos apoiando totalmente Sua Majestade, a Rainha", afirmaram.

No dia 13 de janeiro, a rainha Elizabeth II convocou uma reunião com os integrantes da família real, inclusive Harry, para que eles pudessem discutir qual seria o impacto da decisão do casal na família. Quando a reunião acabou, a rainha assinou um comunicado, dizendo que a família apoiava totalmente a decisão de Harry e Meghan.

"Embora nossa preferência seria de que eles dedicassem todo seu tempo trabalhando como membros da Família Real, respeitamos e entendemos seu desejo de viver uma vida mais independente em família. Enquanto permanecem sob os valores da minha família", disse o comunicado.

Além deles, outros casos já aconteceram de pessoas que abriram mão de suas obrigações.

Lady Patricia Ramsay

Ela era neta da rainha Victoria. E inclusive, se casou, em 1919, com o comandante da marinha Alexander Robert Maule Ramsay, um plebeu. Por causa do seu casamento, ela abriu mão do seu título de princesa da Grã-Bretanha e Irlanda. Ela viveu o resto da sua vida como Lady Patricia Ramsay.

Sayako Kuroda

A mulher era conhecida como Sayako, princesa Nori. Mas ela teve que desistir de seus títulos reais e status, quando ela se casou com Yoshiki Kuroda. O homem é um urbanista do governo de Tóquio, em 2005. Com seu casamento, ela foi a primeira integrante da família real japonesa a perder seu posto. A mulher atualmente é sacerdotisa-chefe do santuário Ise.

Príncipe Friso

O filho caçula do rei holandês Willem-Alexander, XXI príncipe Friso, renunciou a sua sucessão ao trono, quando se casou com Mabel Wisse Smit, em 2004. A renúncia foi por causa da suposta ligação, que ela teria tido com o famoso traficante holandês, Klaas Bruinsma, em 1989.

Ayako Moriya

Ayako é filha de Norihito, príncipe Takamodo, e Hisako, princesa Takamado, do Japão. Basicamente, ela foi obrigada a renunciar de seus títulos e privilégios, quando se casou com o empresário, Kei Moriya, em 2018. Ela ainda recebeu 950 mil dólares do governo japonês.


Ei Fatos, não deixe de conferir:

A câmera das meninas desaparecidas revela fotos arrepiantes e sem explicação

Próxima Matéria
Via   MSN     BBC  
Imagens MSN
avatar Bruno Dias
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.

Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+