• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Aprenda a remover os ácaros do seu colchão em 5 minutos

POR Arthur Porto    EM Entretenimento      02/09/19 às 16h00

Em suma, os ácaros são o segundo grupo animal mais diverso da Terra, perdendo apenas para os insetos. Além disso, é importante ressaltar também que todos os grandes ecossistemas possuem membros da subclasse Acari, composta de ácaros e carrapatos.

O corpo destes microaracnídeos é formado por estruturas chamadas idiossoma (porção anterior) e gnatossoma (parte anterior, onde fica a boca). Ainda nesse ínterim, vale lembrar que a maioria dos ácaros não possui olhos.

Agora, em relação ao tamanho, os ácaros podem ser microscópicos ou milimétricos. Geralmente, os ácaros medem de 0,25 a 0,75 milímetro. Devido ao tamanho, os ácaros são capazes ocupar uma variedade incrível de habitats.

Esses animais também podem ter distintos hábitos de vida. De acordo com especialistas, podemos encontrar, por exemplo, ácaros de vida livre, aquáticos, terrestres, parasitas, fitófagos (que se alimentam de plantas) e predadores (que obtêm energia de outros ácaros, seus ovos e larvas de insetos).

O ciclo de vida dos ácaros, em um modo geral, envolve as fases de ovo, larva hexápoda (de seis pernas), ninfa octópoda (de oito pernas), e adulto. E isso, nessa ordem. No entanto, existem casos em que a fase de ninfa possui diversos estágios. A fase ninfa ocorre antes do animal atingir a maturidade. Em média, após sete dias.

O habitat mais comum

Em 2003, pesquisadores da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) descobriram que o colchão e o sofá são os habitats preferidos dos ácaros. De acordo com os pesquisadores, em cada grama de poeira impregnada nesses objetos, havia cerca 40 mil ácaros.

Em suma, isso significa que cinco gramas de poeira podem abrigar 200 mil desses animais. Segundo os pesquisadores, para desencadear uma reação alérgica em uma pessoa, 100 ácaros por grama de poeira já são suficientes.

Os pesquisadores descobriram também que, após 6 ou ou 8 anos de uso, 10% do peso de um travesseiro se devem à quantidade de ácaros e detritos, como, por exemplo, fezes e ácaros mortos. Para os pesquisadores, as fezes e as carcaças desses animais são o que ocasionam as reações alérgicas.

Geralmente, os ácaros, que vivem nos colchões, alimentam-se de partículas de pele humana, que resultam da descamação natural do corpo. É por esse motivo que o lugar onde dormimos é o ambiente perfeito para esses animais.

Acredita-se que um grama de pele humana alimente cerca de um milhão de ácaros.

Cuidados

É verdade. Por mais que você limpe, os ácaros voltam a aparecer. No entanto, a limpeza ajuda os ácaros a não se acumularem intensamente. Além disso, para eliminá-los, você não precisa gastar mais do que cinco minutos.

Para começar a eliminar os ácaros, um dos passos mais importantes é lavar os lençóis. Lençóis de algodão podem armazenar ácaros com mais facilidade. Por serem mais difíceis de limpar, os ácaros reproduzem mais rápido.

Outra solução é comprar lençóis de seda. Além disso, para não incentivar o aparecimento dos ácaros, toda vez que você lavar seus lençóis ou colchas, aplique uma colher de sopa de bicarbonato de sódio na máquina de lavar.

O bicarbonato desinfeta a roupa de cama e funciona como uma camada protetora. Agora, existem também, no mercado, os protetores de colchão, que previnem a formação de ácaros. Basicamente, esses protetores evitam que a sujeira se acumule.

Próxima Matéria
Via   UOL     Vix  
Imagens IG
Arthur Porto
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+