icone menu


Arqupélago onde fica o 'Cofre do Juízo Final' registrou a temperatura mais alta desde sua existência

POR Bruno Dias    EM Curiosidades      28/07/20 às 14h48
capa do post Arqupélago onde fica o

Assim como nós, humanos, o nosso planeta também está constantemente em evolução ou retrocesso, infelizmente. O Aquecimento Global é um dos responsáveis por vários desastres que danificam o nosso planeta. No entanto, os humanos são os principais culpados por esse aquecimento. Vivemos em uma situação de perda. E isso é muito preocupante.

As temperaturas em quase todos os lugares da Terra foram maiores nos últimos 10 anos, comparando com 1880-1900. E fica pior. A tendência é que os níveis de calor aumentem, caso a situação climática continue do jeito que está.

Como consequência, as camadas de gelo continuam a declinar e as geleiras estão recuando globalmente. Nossos oceanos estão mais ácidos do que nunca. E definitivamente já estamos experimentando os impactos da mudança climática em nível local, regional, nacional e mundial. Não há como negar que as atividades humanas, incluindo a queima de combustíveis fósseis e a destruição de nosso ambiente natural, estão por trás do aquecimento global.

De acordo com o instituto de meteorologia da Noruega, no sábado, o arquipélago ártico Svalbard registrou a temperatura mais alta de todos os tempos. Segundo os estudos científicos, o aquecimento global no Ártico está acontecendo duas vezes mais rápido que no resto do planeta.

Temperaturas

Pelo segundo dia consecutivo, o arquipélago registrou 21,2º Celsius à tarde. Um pouco abaixo dos 21,3º que foram registrados em 1979. Mas no fim da tarde, umas 18 horas no horário local, o registro de temperatura foi de 21,7º. Isso foi um novo recorde de todos os tempos.

O grupo de ilhas, que tem Spitzbergen sendo a única habitada no arquipélago do norte da Noruega, fica a mil quilômetros do Polo Norte. E essa onda de calor, que deve durar até a próxima segunda-feira, é um aumento enorme das temperaturas normais de julho no ártico. Geralmente, as ilhas Svalbard têm temperaturas entre cinco e oito graus Celsius nessa época.

Desde janeiro, a região tem visto temperaturas cinco graus acima do normal. E chegando até 38º na Sibéria em meados de julho. Segundo um relatório recente, as temperaturas médias do arquipélago, entre 2070 e 2100, irão aumentar de sete a 10 graus por conta da emissão de gases de efeito estufa.

Essas mudanças já são visíveis. De 1971 até 2017, entre três e cinco graus de aquecimento foram observados. Sendo os maiores aumentos no inverno. As ilhas Svalbard são conhecidas por sua população de ursos polares, por ter uma mina de carvão e o "cofre do juízo final". Que, desde 2008, coleta estoques de recompensa agrícola do mundo para o caso de uma catástrofe global.

Para fazer o cofre, foi preciso gastar 20 milhões de euros, depois de uma infiltração de água causada pelo degelo do permafrost, em 2016.


Ei Fatos, não deixe de conferir:

A câmera das meninas desaparecidas revela fotos arrepiantes e sem explicação

Próxima Matéria
Via   Science alert  
Imagens Sputinik news
avatar Bruno Dias
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.

Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+