icone menu logo logo-fatos-desconhecidos.png


As 5 invenções mais ridículas do passado

POR Ultra Curioso EM Ciência e Tecnologia 30/07/15 às 15h49

capa do post As 5 invenções mais ridículas do passado

O que seria da nossa vida sem as inúmeras invenções já feitas para facilitá-la? Imagine um mundo sem carros, computadores, aviões e outras coisas mais que impulsionam a civilização. Provavelmente horrível, não acha? Por sorte existe a ciência para nos presentear com artefatos e tecnologias que visam melhorar nosso cotidiano. Toda nova descoberta e invenção sempre tem uma ótima utilidade, ou será que nem todas?

Você vai conhecer nessa matéria algumas invenções de antigamente que na verdade nem deveriam ter saído da cabeça de seus inventores. Criações absurdas e até engraçadas, mas que nenhuma pessoa - normal - pensaria em usar nem em seus profundos devaneios.

De artefatos que permitem fumar múltiplos cigarros até metralhadoras bem "diferentes", veja as 5 invenções mais ridículas de antigamente que mesmo hoje em dia seria motivo de riso e estranhamento geral.

1. Chaminé humana

Esta invenção do ano de 1955 seria amada por fumantes...ou não! Afinal, o artefato permitia que a pessoa fumasse 20 cigarros simultaneamente! Até para quem é fumante há muito tempo, haja fôlego e fumaça!

2. Cigarro à prova de chuva

Outra invenção para os fumantes. Em 1954 Robert L. Stern, presidente da Zeus Corp., inventou esta boquilha para poder desfrutar o seu cigarro tranquilamente nos dias de chuva ou de neve. Ou seja, você poderia fumar seu cigarro tranquilamente em um pleno dia de chuva.

3. O assusta-ratos

O Cat-Mew foi inventado em 1963 e foi o primeiro dispositivo criado para afastar ratos pondo 'medo' nos bichos. Contrariando as outras armadilhas, ele não capturava ou matava os pequenos roedores. Ao invés disso, produzia de 5 em 5 segundos um som que imita o miar do gato com o fim de meter medo nos ratinhos. Funcionava com duas pilhas que alimentam um pequeno motor. Origem? Japonesa.

4. Uma metralhadora diferente

A metralhadora para disparar nas curvas, inventada em 1953 é uma invenção no mínimo "diferente". Projetada com um cano curvo, a metralhadora tinha por objetivo disparar para os lados, e não para a frente. Isso devia dar uma confusão danada!

5. O pneu luminoso

Imagine dirigir um carro com pneus que brilham. Apresentado pela Goodyear em 1961, o pneu luminoso consistia numa única peça de borracha sintética sem câmara de ar que é iluminada por intermédio de uma série de lâmpadas montadas no interior da jante metálica.


Próxima Matéria
avatar Ultra Curioso
Ultra Curioso
Ultra Curioso o acervo de um dos maiores sites de curiosidades brasileiros.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest