• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


As dicas absurdas para ser uma "boa dona de casa" em 1950

POR Rafael Miranda    EM História      09/03/16 às 14h07

Equilibrar o trabalho e a vida familiar, para a mulher dos dias atuais, é uma batalha que parece nunca ser totalmente vencida. Já pensou que seria apenas mais fácil voltar aos velhos dias quando a mulher só ficava em casa e fazia compras? Bom, você vai pensar duas vezes antes de achar que isso é uma boa  ideia.

Exatamente quem eram as esposas 'perfeitas' da década de 1950? Para muitas mulheres, os anos 50 eram anos de frustração: as mulheres que trabalhavam fora de casa recebiam bem menos que os homens e apesar das responsabilidades e trabalho duro, muitas sofriam com as pressões sociais da época. Elas eram consideradas seres submissos e inferiores nas esferas sociais e suas oportunidades eram limitadas.

Conheça o absurdo guia da mulher dos anos 50 feito pela "Good Housekeeping" que ditava as regras sociais para que elas fossem "donas de casa" perfeitas:

"Pense antes de agir"

10

Enquanto a mulher moderna mal tem tempo para encontrar um par de sapatos em seu armário, ela era a responsável por todos assuntos do lar em 1950. A dona de casa tinha que satisfazer todas as necessidades de sua família. A felicidade, saúde e bem-estar geral de seu marido e seus filhos dependiam desse estilo de vida.

"Acima de tudo, fazer sacrifícios"

1

Em 1950, uma mulher só era considerada uma boa esposa se apoiasse e obedecessem seu marido em tudo. Ela tinha que ouvir pacientemente, sem dar conselhos e ter a habilidade de comentar sem interferir.

"Limpar a casa é o trabalho"

2

A esposa de 1950 era contra a tentativa de trabalhar fora de casa, para que ela vague fora do ninho. Se ela quer que o marido tenha sucesso, se ela quer ser a esposa de um homem de negócios de alta potência, ela deve fazer sua parte em casa.

"Uma boa esposa é amigável"

3

A mulher de 1950 sorri facilmente e ela é agradável com os membros de sua família. Ela tem muitos amigos, a quem ela entretêm dentro de seus meios, mas ela tem o cuidado de evitar que as atividades sociais interferiram com as obrigações com o seu marido.

"Uma boa esposa é parte de sua comunidade"

4

A mulher de 1950 está interessada em planejamento urbano, o governo local, as condições da escola e atividades da igreja. Em sua comunidade, ela é embaixadora da boa vontade e responde as vontades de seu marido.

"Não seja irritante"

5

No guia polêmico diz o seguinte: "A esposa irritante é uma pedra no caminho de qualquer homem. Ela é um incômodo em casa, ela fica o tempo todo no telefone incomodando seu marido enquanto ele está no trabalho. A mulher que reclama prejudica a vida e o trabalho do homem."

"Ser uma boa ouvinte"

6

Também é aconselhado no guia que a dona de casa dos anos 50 evite conversar demais e seja uma boa ouvinte. "A boa dona de casa deve estar disposto a falar sobre todos os assuntos que são de interesse para o marido."

Fazendo decisões sobre prioridades

7

Na casa dos anos 50, o jantar era algo importante. "A dona de casa não deve deixar que suas atividades diárias fora de casa interfiram com o seu trabalho principal: alimentar a família, especialmente seu marido trabalhador." A reunião de serviço social, um chá da tarde ou uma matinê não é uma desculpa para não haver o jantar pronto quando o marido chega em casa depois de um dia de trabalho duro." 

"O modo de se vestir"

8

Vestir-se bem para o marido era uma arte, de acordo com um livro popular de 1959 por Anne Fogarty. Enquanto a mulher moderna pode usar qualquer coisa que ela encontra em suas gavetas, Fogarty aconselha: "As roupas que você escolher e do jeito que você opta por usá-las será claramente a sua visão sobre a vida em geral, e a sua atitude perante a vida como uma esposa."

"Siga o cronograma"

9

Quando ela começou sua vida de casada, a dona de casa dos anos 1950 provavelmente foi aconselhada por amigos e familiares sobre como gerir todas as tarefas diárias que viriam com o gerenciamento de um agregado familiar. E, existiam dezenas de manuais dos anos 50 com horários de limpeza e atividades a seguir.

O que você achou desse guia para a mulher nos anos 50? Deixe sua opinião nos comentários!

Próxima Matéria
Via   All Day  
Imagens All Day
Rafael Miranda
Criando forças para segurar o forninho de cada dia. Instagram: @rafaelmiranda17
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+