icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


As emissoras de rádio que assustaram a população com mensagens codificadas

POR Leticia Rocha EM Curiosidades 08/10/18 às 16h23

capa do post As emissoras de rádio que assustaram a população com mensagens codificadas

O rádio foi um dos primeiros meios de comunicação a atingir um grande público. É usualmente usado para informar e entreter. Mas também é usada para objetivos misteriosos e secretos. Para a troca de informações codificadas. É o que se chama de estações numéricas.

Pouco se sabe a respeito delas e quem está por trás, mas muitos casos já foram notificados. Às vezes as rádios ficam inativas por anos, até que emitem algum código e de repente volta o silêncio.

Para que servem as rádios?

Vários códigos são usados para a troca de mensagens. O código morse, por exemplo, é utilizado desde a Segunda Guerra Mundial para troca de informações, em secredo. E seu uso não parou com o fim da guerra, a prática ainda é utilizada pelo serviço secreto de vários governos.

A República Checa já assumiu que utiliza os métodos e não deve ser a única. Há casos ainda, em que países diferentes usam uma mesma frequência com o intuito de atrapalhar as transmissões e consequentemente a troca de informações.

No entanto, não são apenas os países e serviços secretos que têm utilizado a ferramenta. Existe a suspeita de que pessoas envolvidas com o tráfico de drogas também têm usado os códigos para a troca de informações. Nesse caso, os códigos não são tão complexos, mas isso já é o suficiente para complicar o trabalho da polícia.

Como funcionam?

A maioria das rádios funciona de formas semelhantes. Há pequenas diferenças quanto às técnicas utilizadas, mas geralmente todos partem do mesmo princípio. Os códigos normalmente envolvem números e letras, e geralmente se resumem a 5 caracteres.

Antes que a mensagem seja emitida, é dado um sinal. Como se fosse um aviso, para servir de alerta a pessoa que está recebendo, para se preparar. O sinal se repete algumas vezes, para dar tempo do receptor se preparar. Pode ser um som curto, o trecho de uma música, uma palavra.

Em seguida, a mensagem é passada. Na maioria das vezes é também repetido, para ter certeza de que o código foi compreendido corretamente. Em seguida, um sinal, sinaliza que a mensagem acabou. E esse é todo o processo de transmissão. Às vezes, depois desses eventos, a estação volta a ficar inativa e tudo o que se ouve são chiados.


Próxima Matéria
avatar Leticia Rocha
Leticia Rocha
Jornalista e aprendiz de Dani Noce. No insta é ticia_rochaa
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest