• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


As sinistras estátuas de madeira encontradas no Peru

POR Bruno Dias    EM Curiosidades      31/10/18 às 19h58

Dezenove estátuas de madeira foram encontradas em Chan Chan, uma cidade abandonada que virou sítio arqueológico ao norte de Lima no Peru. As estátuas são antropomorfológicas, ou seja tem características e aspectos humanos. A datação delas acredita-se ser de mais de 750 anos o que as torna os ícones mais antigos encontrados na região.

Os arqueólogos descobriram as figuras enfiadas em pequenas alcovas alinhadas em um corredor que ia direto à um pátio cerimonial decorado. As estátuas tem 70 centímetros de altura, estão em boas condições e as que ainda tem cabeça usam uma máscara de barro bege.

O resto do corredor onde elas estavam também era decorado com desenhos ondulados em alto relevo e alguns zoomórficos como felinos. Segundo o Ministério da Cultura do Peru, esse é o primeiro corredor com esse tipo de arte em relevo que é encontrado em Chan Chan.

Império

A cidade, que hoje é patrimônio mundial da UNESCO, era, no século XV, uma capital rica do reino de Chimú. Supõe-se que ela era a maior cidade da América pré-colombiana com seus 20 quilômetros quadrados. No centro dessa metrópole tinham seis palácios autônomos que juntos ocupavam uma área de 6 quilômetros. E cada um deles tinha dentro templos, moradias e armazéns.
Esses palácios eram a base de onde o monarca Chimú comandava seu império, que era de 970 quilômetros indo de algum lugar ao sul do Equador até o centro do Peru. Nessa sociedade, existia a premissa de que os humanos não nasceram iguais e era uma sociedade rígida e hierárquica.

O que a sociedade dos chimus acreditava era que o sol tinha povoado a Terra com três ovos. Um de ouro que era para as elites, um de prata para as esposas e um de cobre que era para os demais habitantes.

Queda

Esse reino teve seu ápice no século XV quando o reino tinha cerca de 60 mil habitantes. Mas logo as coisas começaram a cair para os chimús. Os incas conquistaram e destruíram o império levando os artesões para a capital Cuzco.

E com relação às estátuas, os arqueólogos ainda desconfiam que elas podem ter vindo de um período antecessor da cultura Chan Chan. Talvez sejam datados de 1.100 d.C.

Próxima Matéria
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+