icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Assim acontece a lavagem cerebral feita por líderes de cultos religiosos

POR Mateus Graff    EM Curiosidades      01/11/18 às 14h18
capa do post Assim acontece a lavagem cerebral feita por líderes de cultos religiosos

Você conhece alguém que tenha feito lavagem cerebral em um grupo de pessoas? Bom, vamos citar como exemplo o famoso Charles Manson. O cara foi o fundador e líder de um grupo que cometeu vários assassinatos nos Estados Unidos no fim dos anos 1960, entre eles o da atriz Sharon Tate, esposa do diretor de cinema Roman Polanski.

Sendo líder de um culto, ele conseguia fazer a cabeça das pessoas para cometerem coisas erradas. Mas como eles fazem isso? Como eles podem convencer as pessoas a fazerem coisas erradas? Isso é o que nós vamos responder para vocês nessa matéria.

A personalidade

Uma das coisas mais importantes é ser um líder carismático. Isso ajuda a construir uma comunidade ao redor da pessoa para convencer os outros de que você tem o que eles precisam. Isso pode ser tanto respostas espirituais, conforto pessoais e até um método para aliviar sua mente.

Pelo fato das pessoas buscarem maneiras de aliviar seus medos e ansiedades, os líderes se aproveitam disso. Eles fazem promessas que nenhum outro grupo pode fazer. Para o psicólogo Jon-Patrik Pedersen , do Instituto de Tecnologia da Califórnia , essas promessas podem incluir "segurança financeira, paz de espírito constante, saúde perfeita e vida eterna". Prometer tais coisas pode fazer com que o líder peça favores depois, como no caso de Charles Manson.

E é aí que chega a hora de dizer: "Não é hora de você considerar dar algo de volta à comunidade, em vez de usá-la o tempo todo, como a maioria das pessoas faz?"

Mantendo você por perto

Como os líderes fazem para deixar o "rebanho" por perto? Eles costumam fazer algumas exigências que "protegem" os fiéis de forças que podem levar para o mau. Eles drenam as contas bancárias ou mesmo bloqueiam as vozes que podem fazer com que as pessoas questionem. Citaremos agora algumas das exigências feitas:

Obediência, exigindo que os membros sigam um conjunto de regras que podem ser arbitrárias, sem sentido ou mesquinhas. Isso faz com que mais tarde, os membros realizem atos prejudiciais para eles mesmos ou até atos violentos.

O trabalho sem fim, claro, de seus membros. Colocar as pessoas para trabalharem é uma ótima maneira de impedi-las de questionar os objetivos e os processos de pensamentos dos seus líderes. Você não pode se livrar de um opressor se estiver sempre exausto.

Já na questão financeira, os líderes exigem que os membros levantem dinheiro ou doem seu dinheiro para a causa. Além de financiar a organização do culto, eles evitam que os membros tenham os meios para sair.

Por fim, o isolamento. Muitas vezes, uma das primeiras exigências de um convertido é que eles cortem os laços com amigos e familiares. Se eles não estão alinhados com a visão do culto, eles representam um perigo para ele. Além de manter influências potencialmente positivas da vida do recruta, isso tem o efeito de ancorar toda a vida social da pessoa na organização.

E vocês, já estavam ligados nesses métodos para persuadir as pessoas? Comente!


Próxima Matéria
avatar Mateus Graff
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest