icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Assim aconteceu a primeira tentativa de assassinato a um presidente utilizando um drone

POR Diogo Quiareli EM Curiosidades 07/08/18 às 16h38

capa do post Assim aconteceu a primeira tentativa de assassinato a um presidente utilizando um drone

A maioria dos países do mundo conta com um sistema democrático para escolher o seu presidente. No entanto, mesmo sendo escolhido pela maioria, existe aquela parcela que é contra o seu poder. Com isso, a revolta em alguns países vai além e pode chegar à tentativa de assassinato do seu líder, como aconteceu recentemente na Venezuela. Tratou-se de uma tentativa fracassada de assassinato contra o presidente Nicolás Maduro no dia 5 de agosto. O evento chamou a atenção do mundo por causa do planejamento. Toda a estratégia foi montada com drones e armas explosivas, segundo a impressa que cobriu tudo.

Terroristas do outro lado do mundo afirmaram ter enviado um drone armado para atacar o Aeroporto Internacional de Abu Dhabi. Essa é a capital dos Emirados Árabes Unidos. Felizmente ninguém foi morto nesse caso. No entanto, isso marcou a nova era perigosa no terrorismo não patrocinado pelo Estado. O governo como um todo ainda está preparado para combatê-lo. Autoridades disseram que em Caracas, capital da Venezuela, um ou mais drones detonaram explosivos acima do público durante um evento militar televisionado nacionalmente.

Durante o ato, diversas pessoas ficaram feridas, embora o presidente e sua esposa, Cilia Flores, que estavam próximos ao palco saíram ilesos. Maduro culpou seus adversários políticos pelo atentado. Em Abu Dhabi, os rebeldes afirmaram que atacaram o aeroporto, embora as autoridades dos Estados Unidos tenham negado. No entanto, a mídia não descarta a possibilidade do grupo ter feito isso e o governo americano estar apenas ocultando para não causar alvoroço.

Mesmo com os eventos não atingindo o real objetivo dos terroristas, as tentativas são preocupantes para o governo, que teme ataques em aviões ou coisas do tipo. Além do mais, os drones aéreos podem voar mais baixo do que é capaz de se identificar com os radares. Além disso, com eles, podemos invadir áreas restritas e causar um grande estrago, como temem os governos do mundo todo.

E aí, o que você achou dessa matéria? Comenta pra gente ai embaixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando sempre que o seu feedback é extremamente importante para o nosso crescimento.


Próxima Matéria
avatar Diogo Quiareli
Diogo Quiareli
Geminiano, 26 anos, goiano. Amante de música pop, fã de Katy e Luan.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest