• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Astrônomos aparentemente encontraram uma estrela idêntica ao Sol

POR Bruno Dias    EM Ciência e Tecnologia      20/11/18 às 17h37

Das coisas inesperadas do espaço, essa é mais uma. Os cientistas acreditam que em algum lugar no espaço exista um gêmeo do nosso sol, que nasceu no mesmo berçário estelar e que é praticamente idêntico feito do mesmo material genético. E baseados nessa crença, os astrônomos acham que acabam de encontrá-lo.

Ele foi batizado de HD 186302 e está a cerca 184 anos-luz de distância de nós. Ele é pelo menos considerado como um irmão distante da nossa estrela central. O berçário estelar é quando enormes nuvens de gás e poeira são empurradas até que elas colapsem em seu próprio peso, o que formam os primeiros estágios das estrelas. E tomando isso como princípio, o sol começou há 4,57 bilhões de anos.

Às vezes, as estrelas são lançadas sozinhas nas galáxias, mas na maioria das vezes, elas têm uma companhia. O que é estimado é que 85% delas tenham pares binários e até triplos ou quádruplos, e das que se assemelham ao sol, mais de 50% são binárias.

Estrela

O sol foi uma dessas estrelas solitárias mas, segundo estudos, existem evidências de que ele pode ter seu gêmeo binário visto que quase todas as estrelas nascem com um. Com essa lógico, poderíamos então ter dois sóis, mas como esse não é o caso, o gêmeo do nosso sol deve estar em algum outro lugar da galáxia.

O que é sabido é que os irmãos do sol realmente existem, mas são difíceis de se encontrar já que, assim como todas as estrelas, eles se espalharam pela Via Láctea. Até agora, só tinham sido encontrados alguns candidatos para irmãos solares. Mas a equipe do Instituto de Astrofísica e Ciências do Espaço (IA), em Portugal, foi à procura com equipamentos melhores e dados astrométricos mais precisos.

E, segundo eles, o HD186302 não é apenas um irmão estelar, mas é um especial por ser extremamente parecido com o sol. Ele é uma estrela de sequência principal tipo G, só um pouco maior do que o sol e quase que com a mesma temperatura e luminosidade. Além de ter também quase a mesma idade, cerca de 4,5 bilhões de anos.

Gêmeo

Como o lugar de nascimento do sol é desconhecido, cada irmão solar que é encontrado é mais um passo para que essa descoberta seja feita. "Como não há muita informação sobre o passado do Sol, estudar essas estrelas pode nos ajudar a entender onde na Galáxia e sob quais condições o Sol foi formado", disse o astrônomo Vardan Adibekyan, da IA.

Outro ponto importante é que, pelo que sabemos, o único lugar que com certeza possui vida no nosso sistema solar é o nosso planeta. Então se existirem planetas orbitando o irmão gêmeo do nosso sol pode ser que ele também seja a casa de vida inteligente. "Alguns cálculos teóricos mostram que há uma probabilidade não desprezível de que a vida se espalhe da Terra para outros planetas ou sistemas exoplanetários, durante o período do pesado bombardeio tardio", disse Adibekyan.

Mesmo que isso seja um monte de "talvez", as chances de isso acontecer são bem plausíveis.

Próxima Matéria
Via   Science alert  
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+