icone menu logo logo-fatos-desconhecidos.png


Átomos seriam do tamanho de montanhas?

POR Bruno Dias EM Ciência e Tecnologia 22/11/18 às 17h50

capa do post Átomos seriam do tamanho de montanhas?

Com certeza, você lembra de ter estudado sobre os átomos em suas aulas de ciência. Você pode não se lembrar muito de detalhes sobre eles. Basicamente, o átomo é o formador de tudo aquilo que ocupa um lugar no espaço e que tem uma massa.

E se o átomo forma tudo aquilo que vemos no mundo, ele também deve ser formado por alguma coisa, não é mesmo?! Existia um tempo em que estudiosos achavam que ele era a menor parte da matéria, mas isso caiu por terra quando conseguiram abrir o átomo e ver que existiam outras coisas dentro dele. A constituição dos átomos é feita de prótons, nêutrons e elétrons, o que faz com ele não seja a menor parte da matéria.

Mas, por mais que o átomo não seja a menor parte da matéria, ele é pequeno. Então como pode ser que ele chegue a ter o tamanho de uma montanha? Bom, dentro do átomo, o nêutron é a partícula que fica no centro e junto a ele, está o próton e o elétron fica girando em torno do núcleo. E quando a gravidade aumenta, a velocidade em que o elétron gira também aumenta.

E se isso acontecer em uma escala muito grande, o elétron e o próton começam a se fundir, o que faz com que mais nêutrons nasçam e o núcleo se torne quase tão denso quanto o átomo. Se você ficou curioso para saber como tudo isso junto faz com que um átomo seja do tamanho de uma montanha, veja o vídeo abaixo e entenda como isso é possível:


Próxima Matéria
avatar Bruno Dias
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest