• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Attack on Titan revela mais segredos sobre o pai do Eren

POR Letícia Dias    EM Notícias      20/09/19 às 16h16

Recentemente, vimos o mangá de Attack on Titan revelar um poder secreto por trás do Titã de Ataque. Ademais, esse é apenas um dos vários enigmas desenvolvidos na série. Posteriormente, vimos a franquia mostrar a controversa origem por trás dos Titãs, o mistério do porão da família Yaeger e o que existe por trás das muralhas. No entanto, com a aproximação do fim do mangá e com a quarta e última temporada do anime já confirmada, ainda existem algumas perguntas a serem respondidas. Além disso, entre todos os eventos citados acima, existe um fator em comum: Grisha Yaeger. O pai de Eren, por muito tempo, foi uma incógnita. Porém nas últimas atualizações, Hajime Isayama vem dando ao público mais detalhes sobre a história do personagem. Dessa vez, o mangaká conseguiu se superar ao surpreender os leitores.

Enquanto a série animada ainda se encontra em hiato, sua versão impressa está à todo vapor. Sendo assim, temos aprendido fatos surpreendentes sobre alguns personagens. Embora nem sempre eles sejam dos mais agradáveis, não deixam de nos prender ainda mais à narrativa. Como consequência disso, podemos citar a mudança de postura de Eren e a revisitação às memórias de Grisha. Com a liberação do capítulo 121, no começo do mês, a história passou a ser focada integralmente em Zeke e Eren. Foi assim que juntos, dentro da Coordenada, eles acessaram as lembranças de seu pai e tivemos grandes surpresas. A fim de reafirmar que Shingeki no Kyojin está longe de ser considerado previsível, os leitores foram deixados em choque, com uma revelação sobre a família.

Grisha Yaeger não é quem você pensava

Após acessar as lembranças de Grisha, Zeke não demorou a perceber que a criação de Eren foi completamente diferente da sua. O segundo filho não sofreu qualquer manipulação do pai em relação aos ideais Revivalistas. Ao contrário, foi mostrado que o jovem Yeager utilizou o poder do Titã de Ataque para influenciar todos os eventos que vimos até agora. Apesar de ser meio confuso, as recentes atualizações trouxeram consigo um conceito paradoxal. Em suma, descobrimos que o Titã de Ataque, graças a seu ímpeto de liberdade, permite que seus portadores atuais interfiram na memória de seus antecessores.

Assim, vimos que quando Grisha foi conversar com a família Reiss sobre os Eldianos, ele nunca teve a real intenção de matá-los. Tudo o que aconteceu foi influenciado por Eren, que fez o pai cometer tal atrocidade. Como exemplo disso, vimos que depois de matar Frida e seus irmãos e poupar Rod Reiss, Grisha apresenta profundo remorso pelo ocorrido. Quando a memória chegava ao seu fim ele reconheceu que foi um péssimo pai para Zeke. Em seguida se desculpou com o filho e pediu que ele parasse Eren. Por fim, o capítulo termina com Zeke pedindo para Ymir retirar a capacidade de reprodução dos Eldianos. Enquanto isso, Eren se liberta de suas correntes e tenta pará-la.

Por muito tempo, enxergamos Grisha como uma figura autoritária e o responsável por transformar Eren em quem ele é hoje. Porém, a cada capítulo lançado, temos visto que a real postura de Eren está longe de ser como pensávamos. Inclusive, muitos tem sugerido que o protagonista é na verdade um vilão. A adição dessa habilidade de manipulação do passado só fortaleceu essa teoria. Agora, todos têm se perguntado se tudo o que aconteceu, até o momento, foi coordenado por Eren. E você, o que acha?

Próxima Matéria
Via   CB     Critical Hits  
Imagens Wit Studio
Letícia Dias
Trabalhando pra falar de super-heróis, filmes e séries em tempo integral | @letdiax
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+