• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Baobhan, o mito escocês sobre uma fada vampira

POR Diogo Quiareli    EM Terror & Sobrenatural      03/04/19 às 17h50

O mundo da fantasia é grande e abriga diversos contos e seres fantásticos. Cada país, com sua cultura individual, repassa os seus contos mais famosos para as crianças, mantendo assim histórias vivas por várias gerações. Aqui no Brasil, por exemplo, temos grandes contos fictícios que chamam a nossa atenção. Saci Pererê, Mula sem Cabeça, Lobisomem, Boitatá e Iara estão entre os mais famosos. Em países chineses, existem outros tipos de histórias fantasiosas, assim como nos países da América do Norte, da África e da Europa. Na Escócia, não é diferente. Por lá, existe a história de Baobhan Sith, uma fada vampira da mitologia escocesa.

Buscando nas lendas de várias partes do mundo relacionadas às fadas, encontramos esse personagem que chamou a atenção. A mistura de duas fantásticas espécies místicas: fadas e vampiros. Se você nunca ouviu falar de Baobhan, vai saber um pouco mais de sua história aqui. Se souber de algum outro conto incrível e pouco conhecido por nós, comenta pra gente aí embaixo. Aproveite para compartilhar com seus amigos desde já e, sem mais delongas, confira conosco a seguir e surpreenda-se.

Baobhan Sith, a fada dos vampiros

Baobhan Sith também pode ser chamada de "Mulher branca das Terras Altas da Escócia". Era uma fada com beleza radiante que atraia viajantes e caçadores que viajavam sozinhos para as Terras Altas. Eles se atraiam pela aparência da criatura. Dizem que Baobhan costumava usar uma roupa branca ou verde e usava sua beleza para atrair os jovens homens desavisados. Ela os levava para os cantos isolados da floresta. Antes de atacá-los, convidava-os para dançar e quando eles estavam despreparados e encantados, degolava-os com suas unhas afiadas. Pela ruptura, sugava o seu sangue até o final. Em diversos lugares, a fada vampira extraiu de suas vítimas não só o sangue, mas sua energia vital e potência sexual.

Ela se atraia pelos caçadores, pois suas roupas tinham cheiro de sangue. Assim como os vampiros de outras lendas, essa fada não podia ficar exposta à luz solar. Sendo assim, ela costumava atacar durante a noite. Quando o dia amanhecia, ela voltava para sua sepultura, esperando o anoitecer novamente. Ela poderia ainda se transformar em um animal e, de preferência, assumir a aparência de um lobo. Costumava falar qualquer língua que o viajante ou caçador falasse, uma vez que realmente se comunicava telepaticamente com suas vítimas.

Arma contra Baobhan

A única coisa que esse ser temia eram os cavalos, isso porque os equinos usavam ferraduras e essa era a única maneira de machucá-la ou matá-la. Elas não resistiam à armas feitas de ferro. Uma das lendas mais populares explica o caso de 4 amigos que saíram para caçar, foram pela estrada e se refugiaram em uma casa abandonada na floresta. Lá, eles foram seduzidos por um grupo de Baobhan Sith. Um deles conseguiu fugir e se escondeu entre os cavalos, enquanto uma das fadas tentava o atacar. Quando amanheceu, os monstros fugiram. O jovem se aproximou da casa e encontrou seus amigos mortos, mas ele sobreviveu.

Em diversas lendas medievais, é explicado que, enquanto seduzia as vítimas, tais seres mantinham as mãos escondidas sob as mangas de seu vestido. A razão isso era, em vez de extremidades humanas, havia cascos para atacar os viajantes. Felizmente, esses monstros só se alimentavam uma vez por ano.

E aí, o que você achou dessa história? Comenta pra gente aí embaixo e compartilhe com seus amigos. Lembrando sempre que o seu feedabck extremamente importante para o nosso crescimento.

Próxima Matéria
Diogo Quiareli
Geminiano, 25 anos, goiano.
As categorias Terror, Sobrenatural, CreppyPasta e entretenimento têm como único objetivo de entreter. Não devem ser utilizadas como fontes de artigos científicos ou trabalhos escolares.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+