• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Batman zoa George Clooney em nova HQ

POR Gabi Noronha    EM Notícias      15/08/19 às 15h52

Rir de nós mesmos é um aprendizado único. A partir do momento em que nos permitimos tal comportamento, evoluímos como indivíduos. Um bom caminho para o autoconhecimento, uma descoberta que nos permite ser e fazer melhor. Algo que também é válido para tudo e todos. A DC Comics, por exemplo, costuma mostrar disposição para aprender com os próprios erros. E parte desse aprendizado é rir de si mesma, quando Batman zoa George Clooney em nova HQ.

A cena em questão ocorreu em Detective Comics #1009, a mais recente publicação do título. Durante uma apresentação de Lucius Fox, na sala de reuniões da Wayne Enterprises, Bruce ficou entediado com o discurso do amigo. Fazendo seu papel de bilionário babaca, Bruce é um tanto grosso com Lucius na frente de acionistas e convidados. Afinal, ele precisa manter a imagem a fim de distanciar sua figura do Batman. Após o término da reunião, os dois conversam sozinhos e ele insiste no quanto a apresentação estava ruim.

Por fim, ele fala a Lucius para pegar umas aulas de atuação e, para tanto, basta ligar para George Clooney. Bruce encerra dizendo que o ator "deve a ele". Esse breve comentário é uma referência sutil, porém direta, a Batman & Robin, filme de 1997, dirigido por Joel Schumacher. Uma piada interna que não fere ninguém e ainda diverte os fãs do herói.

Mamilos polêmicos (e prejudiciais)

Batman possui adaptações para a televisão e o cinema desde sempre. Entre a Trindade, ele é o personagem com mais trabalhos do gênero. Justamente por isso, não faltam filmes e séries com o herói. No entanto, em 1997 algo deu muito errado na Warner Bros. e o estúdio lançou Batman & Robin. Escrito por Akiva Goldsman e dirigido por Joel Schumacher, o filme foi uma chacota geral.

Além das péssimas atuações, da fraca direção e do roteiro pavoroso, o longa foi enterrado pelos figurinos. Em especial pelos mamilos em destaque no traje da Batfamília. Apesar do elenco de renome, o filme foi um fracasso tão grande que distancio o Batman por cerca de dez anos dos cinemas. Tendo o retorno lendário com Batman Begins, de Christopher Nolan. Recentemente, até mesmo o próprio George Clooney pediu desculpas pela produção e por sua participação. O ator reconheceu que não estava bem no papel e o filme, de fato, não era bom.

Próxima Matéria
Gabi Noronha
Resumindo, é basicamente isso! Para mais aventuras Instagram: @gabinoronhaf Para comentários aleatórios e breves análises Twitter: @gabinoronhaf
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+