Bizarro rio de lodo preto no Arizona é real

POR Bruno Dias    EM Curiosidades      22/07/20 às 16h10
foto de destaque

As histórias de terror sempre fizeram parte do imaginário do ser humano. A arte de expressar o medo por meio de produções cinematográficas tornou-se destaque no final do século XIX. Após ganhar espaço, consequentemente, as produções ganharam público. Ganharam, na verdade, uma multidão de seguidores.

Na maioria das vezes, pensamos que muitas coisas que estão ali na tela não podem ser verdade. Mas acontece que, em alguns casos, coisas da vida real podem ser até piores. No dia 15 de julho de 2020,  uma rua seca foi engolida por um lodo preto digno de um filme de terror ou apocalíptico. E o mais assustador, é que foi  real.

A chamada Cañada del Oro Wash, no Arizona, foi tomada por esse lodo preto. Ele é conhecido como lesma de sedimentos.  As autoridades disseram que ele foi uma coisa pequena, enquanto o fogo de Bighorn acontecia nas proximidades. Um vídeo bem perturbador conseguiu mostrar o momento em que esse lodo escuro com cinzas e fuligem vai tomando rapidamente a rua por onde passa.

É acreditado que os detritos que estavam alimentando o fogo de Bighorn tenham sido incendiados por um raio. E o incêndio se alastrou por 48.377 hectares de parque nacional desde o dia cinco de junho. A região abrange vários ecossistemas, indo desde áreas com cactos até florestas e pinheiros.

O fogo está sob controle, mas ainda está queimando o sopé das montanhas Catalina. Além do incêndio, a vida selvagem da região ainda precisará lidar com as futuras chuvas que também serão perigosas.

"Incêndios florestais como o fogo Bighorn deixam o solo carbonizado, árido e incapaz de absorver água.Mesmo uma chuva fraca pode produzir inundações e fluxos de lama devastadores, geralmente com pouco aviso", escreveram autoridades do condado de Prima no Twitter.

Causas

O fogo muda a estrutura do solo mineralizando a matéria orgânica e liberando nutrientes, metais e toxinas. Coisas que, normalmente, não são varridas pela água. E a nova estrutura do solo faz é repelir essa água.

"São necessárias muito menos chuvas para desencadear fluxos de detritos de bacias queimadas do que de áreas não queimadas. No sul da Califórnia, apenas 7 milímetros de chuva em 30 minutos provocaram fluxos de detritos", explicou o Centro de Ciências da Água da USGS na Califórnia.

Sem a vegetação para manter o solo no lugar, as cinzas e terra solta acabaram sufocando os cursos d'água. Isso diminui os níveis de oxigênio dissolvido e o aumento de nutrientes dá as cianobactérias e as algas a possibilidade de crescerem. Isso consome ainda mais oxigênio.

Essa falta de oxigênio sufoca os peixes, caranguejos e outros animais aquáticos levando a mortes em massa. Mesmo que de algum jeito os peixes e animais selvagens sobrevivam de algum jeito eles podem morrer de fome por não conseguirem enxergar seus alimentos. Já que a água turva diminui a visibilidade.

Lodo

Esse lodo de sedimentos também pode escorrer para as represas e colocar em ameça a água potável com a lama bem espessa que os sistemas de filtragem não consigam tirar.

Além disso tudo, quando detritos sólidos se juntam com esse lodo isso contribui para a erosão de qualquer coisa que estiver no caminho. Como por exemplo, estradas. E também é um risco para a infraestrutura de tratamento de água.

"Fluxos de detritos altamente destrutivos, em movimento rápido, desencadeados por chuvas intensas, são um dos perigos mais perigosos após o incêndio. Esses fluxos de detritos são particularmente perigosos porque tendem a ocorrer com pouco aviso. Os fluxos de detritos podem remover a vegetação, bloquear as drenagens, danificar estruturas e pôr em risco a vida humana", ressaltou o relatório do USGS.


Ei Fatos, não deixe de conferir:

2 SINAIS QUE FALTAM PARA JESUS VOLTAR - E SE FOR VERDADE

Próxima Matéria
Via   Science alert  
avatar Bruno Dias
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.

Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+