CEO da Disney fala sobre quando a Marvel voltará a produzir filmes

POR Letícia Dias    EM Notícias      10/05/20 às 01h19
foto de destaque

Diante da atual pandemia, não demorou para que as produções hollywoodianas fossem afetadas. No entanto, enquanto a maioria delas contará com simples atrasos ou reagendamentos, o caso do Universo Cinematográfico Marvel é um pouco mais complicado. Após mais de uma década seguindo religiosamente seu cronograma de lançamentos, Kevin Feige se viu diante de uma situação que fugia de seu controle. Sem dúvidas o COVID-19 botou todos os vilões do MCU no chinelo. Pois bem, até então sabíamos que a Casa das Ideias estava enfrentando complicações, mas não contávamos com nenhum pronunciamento oficial sobre. Surpreendentemente, Bob Chapek, CEO da Disney, se manifestou a respeito do assunto.

Segundo o ComicBook.com, na quarta-feira, após uma ligação trimestral com investidores da companhia, Chapek respondeu um questionamento sobre quando os filmes da Marvel voltariam a ser produzidos. "Em termos de produção em larga escala, passaremos pelo mesmo processo que fazemos em nossos parques temáticos. Seremos responsáveis em termos de como colocar nossos funcionários e outros cineastas que são nossos parceiros conosco", disse o executivo. No entanto, ele reforçou que não existe nenhuma projeção sobre quando será possível fazer isso.

As medidas de precaução citadas acima envolvem funcionários da Disney usando máscaras e seguindo as solicitações de distanciamento social. Seguindo esse protocolo, os parques da Disney pretendem reabrir com capacidade limitada. Bom, vamos aguardar pra ver como essa ideia se sairá na prática.

Marvel vs. Coronavírus

Visto que o Universo Cinematográfico Marvel é completamente interdependente, é impossível alterar qualquer filme sem afetar o resto da lista. Isso significa que existem diversos casos extraordinários com os quais o estúdio terá de lidar. Esperamos que eles contem com um bom sistema de gerenciamento de crises. Pra começar, temos Viúva Negra, o filme responsável por inaugurar a tão aguardada Fase 4. Com previsão de estreia para o dia 1 de maio, o longa estrelado por Scarlett Johansson não pode ser adiado. Apesar de ainda haver um tempo significativo até maio, as projeções de bilheteria podem ser amplamente impactadas. Além disso, com a proibição de viagens, o marketing em torno do filme também será afetado. Então, é possível que a sessão de estreia do longa seja bem mais escassa do que o habitual. Embora esse seja apenas o primeiro obstáculo da Marvel Studios, certamente não será o único.

Falcão e o Soldado Invernal teve suas gravações em Praga interrompidas devido ao surto de coronavírus. Agora, não sabemos que a Disney buscará outro set ou irá reescrever o roteiro, a única coisa certa é o atraso da produção. A seguir, falemos de Os Eternos que também terá seu marketing diretamente afetado. Ao passo que os Eternos não são heróis familiares ao público, a divulgação dos mesmos é essencial. Sendo assim, uma simples interferência na publicidade pode gerar um grande problema para essa produção.

Quanto aos outros filmes e séries: WandaVision não será muito afetada pois as filmagens já foram finalizadas; Loki contará com atraso nas gravações; Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis dependerá da habilidade do governo chinês de lidar com a pós-pandemia; Doutor Estranho no Multiverso da Loucura por acabar sofrendo com as contingências do Reino Unido e tendo de ser adiado; Gavião Arqueiro pode ser adiada, assim como Thor: Love and Thunder.


Ei Fatos, não deixe de conferir:

2 SINAIS QUE FALTAM PARA JESUS VOLTAR - E SE FOR VERDADE

Próxima Matéria
Via   CB  
Imagens Disney Marvel
avatar Letícia Dias
Letícia Dias
Trabalhando pra falar de super-heróis, filmes e séries em tempo integral | @letdiax
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.

Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+