• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


China liga o seu telescópio gigante caçador de aliens

POR Bruno Dias    EM Curiosidades      15/01/20 às 18h23

Desde que o mundo é mundo, os primeiros humanos já eram fascinados pelo céu e pelos astros que eram vistos. Conforme a tecnologia foi avançando e o pensamento científico também foi sendo mais elaborado, o encanto pelo espaço e pelos ambientes, ao redor do universo, apenas aumentaram. É claro que, com o fascínio pelo espaço e com o aumento de recursos, o fascínio pela possibilidade de existir vida fora da Terra também cresceu.

Diversos grupos entusiastas, ufólogos e mesmo seitas defendem a existência de vida extraterrestre, com afinco e entusiasmo. Na internet, pode se encontrar vários vídeos e informações de relatos de visões ou contatos com seres de outros planetas. Além de jornais e documentários, ao redor do mundo, querendo provar que a vida extraterrestre existe. Mas pela falta de provas concretas para esses relatos, muitos descartam toda a informação e descreditam a possibilidade da existência de aliens.

Mas o universo é muito grande e os humanos são persistentes. Existem as pessoas que acreditam que não estamos sozinhos no universo e que isso, uma hora ou outra, vai se provar uma verdade e que esses seres serão achados. Além de pessoas que acham que esses seres podem nem estar fora do nosso planeta. Alguns dizem que os aliens estão em outra dimensão ou então que eles vivem debaixo do gelo ártico ou no fundo dos oceanos.

A China é um país que sempre investe em tecnologias. O país parece sempre estar no futuro quando o assunto é pesquisa ou então tecnologias em geral. E no último sábado, o país estreou oficialmente o seu gigantesco radiotelescópio de caça alienígena. Ele está em testes e depurando desde que foi concluído, em 2016.

Telescópio

Agora, ele está 100% operacional e pronto para o uso de pesquisadores de todo mundo. O telescópio se chama FAST, que é uma sigla para Five-hundred-meter Aperture Spherical radio Telescope. E ele também estabeleceu um recorde de maior radiotelescópio de prato único.

O dispositivo tem um diâmetro de meio quilômetro. Além de ser 2,5 vezes mais sensível do que qualquer outro radiotelescópio do mundo. Ele também tem um alcance que é possivelmente quatro vezes maior do que o segundo mais largo telescópio de prato único.

Atualmente, o telescópio está operando totalmente, ele está aberto para que todos os pesquisadores e astrônomos do mundo possam sondar mais cantos do universo. Essa procura pode ser maior do que nunca e pode ser que, potencialmente, os pesquisadores consigam achar sinais de vida extraterrestre.

Essas descobertas podem ser inúmeras. Tanto que, apenas nas rodadas de teste, os cientistas que estavam trabalhando no FAST encontraram 102 novos pulsares. Isso foi mais do que o total descoberto pelos pesquisadores de todos os Estados Unidos e Europa, no mesmo período.

Lançamento

Segundo as autoridades chinesas, o aval para que o radiotelescópio funcionasse, a todo vapor, deveria ter sido feito em outubro. Logo depois de o aparelho ter completado sua rodada de testes, em setembro.

Mas, mesmo que ele estivesse totalmente operacional, o FAST ainda estava fazendo pesquisas importantes e por isso não poderia ficar aberto 100% para todos os pesquisadores do mundo.

Próxima Matéria
Via   Futurism  
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+