icone menu logo logo-fatos-desconhecidos.png


A cidade secreta russa considerada o lugar mais radioativo do mundo

POR Natália Pereira EM Mundo Afora 07/02/18 às 13h22

capa do post A cidade secreta russa considerada o lugar mais radioativo do mundo

Ataques usando bombas atômicas, como o que ocorreu em Hiroshima e Nagasaki já nos mostraram o quanto a radioatividade pode ser perigosa para a humanidade. Assim como diversos acidentes nucleares que comporam a história. Você já deve ter ouvido falar de Chernobil e de sua trágica história. Diversos outros acidentes, assim como esse, fizeram com que alguns lugares na Terra se tornassem extremamente radioativos e até impossibilitaram a vida no local.

Mas, sabendo disso, você já se perguntou qual o lugar mais radioativo do nosso planeta? Acontece que, o lugar que ganha esse título na verdade nunca deveria ter existido. Se trata de uma cidade secreta da Rússia cuja a funcionalidade era produzir armas nucleares. O que aparentemente acabou dando muito errado, já que o lugar hoje é completamente desabitado. Essa é a história do lugar mais radioativo da Terra e dos motivos que o levaram até esse ponto.

A cidade secreta da Rússia

Ainda durante o governo da União Soviética, por volta de 1940, foi criada uma cidade secreta russa chamada Chelyabinsk-40. Ela ficava escondida entre os montes Urais e foi uma das várias instalações de testes nucleares da URSS. Foi em 1948 que o seu primeiro reator começou a funcionar, fazendo com que o urânio se transformasse em plutônio. O problema é que, devido um mal planejamento, os resíduos produzidos pela fabrica começaram a ser despejados em um rio próximo ao local, o Techa. O que, com certeza, não era adequado e gerou consequências.

As consequências

O ato inconsequente obviamente trouxe prejuízos muito maiores do que eles imaginavam. O rio, que era responsável pelo abastecimento de 39 cidades e vilarejos na redondeza, se tornou completamente radioativo. Técnicos foram enviados ao local para medir as consequências daquele ato e eles descobriram que, em apenas 3 anos, o rio já estava produzindo 5 Röntgens - medida de radiação - por hora. Enquanto outros lugares que emitem radiação, normalmente, chegam a apenas 0,21 Röntgens em um ano.

A drástica emissão radioativa produzida no lago exigiu uma ação imediata do governo. Uma barragem foi feita nos arredores do rio e os moradores das cidades e vilarejos foram deslocados para um lugar mais seguro. Como se esse dano não fosse o suficiente para alertar os soviéticos sobre o perigo dos testes eles agravaram ainda mais a situação. Eles continuarem emitindo lixos radioativos e os eliminando na natureza, apenas mudaram o lugar de despejo. Dessa vez o alvo foi o lago Karachay.

O lago Karachay

Mesmo com a relocação dos moradores e o isolamento do rio Techa eles ainda precisavam de um local para o deposito dos resíduos radioativos. Para tentar suprir essa necessidade eles teriam encontrado um lugar mais "seguro". Mas estavam enganados mais uma vez. O lago Karachay era abastecido por apenas um  rio, fazendo com que, aparentemente, os danos fossem menores.

O local serviu para esses fins durante 30 ou 40 anos, os registros quanto a isso são falhos já que os mesmos só foram confirmados pela União Soviética em 1990. O problema, que eles não esperavam na época, é que a água do lago se estendia até o pântano Asanov. Fazendo com que a área pantanosa fosse contaminada.

Último desastre e a situação atual

Infelizmente tudo isso ainda não compõe o quadro completo da situação. Uma seca atingiu o local e fez com que parte da água do lago Karachay evaporasse. Fazendo com que a radioatividade se espalhasse pelo ar. Essa reação atingiu uma área de 2,4 mil km² em seus arredores, local onde viviam cerca de 500 mil pessoas. Um teste feito nas margens do lago recentemente mostrou que a área emite 600 Röntgens por hora. Além disso, qualquer pequeno rompimento nas barragens que foram feitas ao redor do rio podem espalhar seus resíduos por todo o Ártico e, posteriormente, para o Atlântico.

A inconsequência de um único povo foi capaz de causar desastres naturais significativos a sua volta. E ainda podem gerar muitas consequência. Sabiam sobre a cidade secreta da Rússia e do local mais radioativo do mundo, o lago Karachay?


Próxima Matéria
avatar Natália Pereira
Natália Pereira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest