• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Cientistas afirmam que pode existir uma "SuperTerra" orbitando a estrela mais perto do Sol

POR Diogo Quiareli    EM Ciência e Tecnologia      30/03/20 às 12h59

O nosso universo é imenso e extremamente surpreendente. Composto por planetas, estrelas, cometas, exoplanetas, meteoritos e muito mais, estamos sempre descobrindo algo nessa imensidão. Há pessoas que dedicam suas vidas, estudando tudo o que conseguirem lá em cima. Graças a esses estudos, já descobrimos que há outras galáxias extremamente distantes da nossa. Que somos apenas um pequeno ponto no universo. Astrólogos descobrem, com muita frequência, novos planetas imensos e também pequenos planetas. Além disso, segredos, nunca revelados sobre o Sol, a nossa estrela principal. A fim de descobrir ainda mais, várias missões espaciais já estão sendo planejadas.

Cientistas buscam, diariamente, uma maneira de fazer com que o homem consiga chegar em outro planeta, principalmente Marte. As pessoas esperam por Marte, talvez, por causa de teorias da conspiração que afirmam que no planeta há seres extra-terrestres. Agora, já pensou como seria viajar para outro planeta que mais se parece com a Terra que habitamos? E se, em algum desses planetas realmente tiver outros seres vivendo? Um estudo recente descobriu um planeta que está sendo chamado de "SuperTerra". Esse está ao lado da estrela mais próxima do nosso Sol. Confira conosco mais detalhes sobre isso e surpreenda-se.

"SuperTerra" orbitando estrela mais próxima ao nosso Sol

Cientistas do Instituto Nacional de Astrofísica dos Estados Unidos disseram que podem ter rastreado uma "SuperTerra". Essa estaria ao lado da estrela mais próxima do nosso Sol, a Próxima Centauri. Uma análise das alterações cíclicas no espectro de luz emitido pelo astro, que está a 4,2 anos-luz da Terra, permitiu aos pesquisadores envolvidos especularem a existência do exoplaneta. O líder da pesquisa, Mario Damasso, e seus colegas acreditam que o exoplaneta orbita a Proxima Centauri, a cada 5,2 anos.

Além disso, pode ser uma "superterra". Isso quer dizer que, é mais maciço que o nosso planeta, mas ainda menor que os gigantes do gelo do Sistema Solar, Urano e Netuno. Se a análise do estudioso do caso for confirmada, o planeta poderá ajudar os astrônomos e entender como astros de baixa massa são formados. Isso, ao redor de estrelas, também pouco maciças. A existência desse exoplaneta contradiz os modelos atuais que explicam a formação de "SuperTerras".

Acredita-se que muitas se formam a uma distância mínima da estrela, onde a água pode se transformar em gelo. No entanto a órbita desse exoplaneta está situada muito além desse ponto ideal. Os cientistas estudam ainda uma fonte desconhecida de sinais no espectro de luz estrela próximo à Proxima Centauri. Segundo eles, poderia pertencer a um segundo planeta. Entretanto, os pesquisadores ponderam que essas variações podem ser resultado de uma galáxia vizinha. Senão isso, um fenômeno não relacionado à Proxima Centauri, por isso mais estudos são necessários.

E aí, o que você achou dessa matéria? Acredita que haja esse planeta orbitando a estrela mais próxima do nosso Sol? Comente então pra gente aí embaixo, pois o seu feedback é extremamente importante para nós.

Próxima Matéria
Via   Revista Galileu  
Imagens G1 GizModo
Diogo Quiareli
Geminiano, 26 anos, goiano. Amante de música pop, fã de Katy e Luan.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+