• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Cigarro vs álcool: qual faz mais mal para a saúde?

POR Bruno Dias    EM Curiosidades      29/03/19 às 18h23

As pessoas sempre dizem que álcool e cigarro fazem mal à saúde. Mas como diz uma música "tem gente que não bebe e está morrendo". E isso parece sempre ser o argumento usado pelas pessoas que bebem e fumam para desviar do fato que essas coisas prejudicam sim a saúde.

Mas partindo dessa indagação de qual faria mais mal para o ser humano uma pesquisa foi feita. Beber uma garrafa de vinho de 750mL, por semana, aumenta o risco de desenvolver câncer ao longo da vida. Isso é o equivalente a 10 cigarros por semana para as mulheres e cinco para os homens.

Segundo alguns pesquisadores do Reino Unido, essa forma de comunicar as pessoas tende a ser a melhor. Mas, segundo especialistas, fumar tem riscos muito maiores de uma pessoa vir a adquirir câncer do que o álcool. E para que os riscos sejam reduzidos, a maneira é parar de fumar completamente.

A saúde é uma questão com a qual o governo deve ser preocupar. E as diretrizes dadas pelo governo britânico é que, tanto homens quanto mulheres, bebam no máximo 14 unidades de álcool por semana. Isso equivale a seis litros de cerveja ou sete copos de vinho, que é aproximadamente uma garrafa e meia.

Mas uma outra orientação difundida diz que não existe um nível seguro para o consumo de álcool, quando o assunto é risco para a saúde. Segundo tal estudo, até mesmo beber moderadamente pode colocar as pessoas em risco de câncer. E o mais comum é o câncer de mama, que é o mais típico no Reino Unido.

Danos

Os pesquisadores fizeram as contas e mostraram que se mil homens e mil mulheres não fumantes bebessem uma garrafa de vinho por semana, aproximadamente 10 homens e 14 mulheres poderiam desenvolver câncer ao longo de suas vidas.

O tipo de câncer variaria entre os dois. Nas mulheres, estaria mais ligado ao câncer de mama e nos homens estaria ligada ao trato gastrointestinal e ao fígado.

Os pesquisadores da Universidade de Southampton e da Universidade de Bangor fizeram os cálculos se baseando nos dados sobre o risco de câncer oferecidos pelo Cancer Research UK e nos dados da população que poderia estar ligada ao tabagismo e ao álcool.

Segundo Minouk Schoemaker, cientista do Instituto de Pesquisas sobre o Câncer, em Londres, o estudo nos dá uma visão interessante, mas também de que esse quadro não é tão simples.

"O quadro geral do risco de câncer é extremamente complexo e com nuances, por isso é importante ter em mente que este novo estudo está sujeito a várias suposições. Por exemplo, é difícil separar completamente os efeitos do álcool e do cigarro, e o estudo não levou em conta a duração do tabagismo ou o tempo de parada", explicou.

O estudo usou apenas o câncer como doença principal e pegou dados de 2004. Ale´m do que não levou em consideração outros fatores que podem também levar ao aparecimento de um câncer.
Além do que, o número de cigarros equivalente ao álcool é pequeno. Sendo que a maioria dos fumantes fumam mais do que essa quantidade por dia.

Fumar

John Britton, diretor do Centro para Estudos sobre Tabaco e Álcool da Universidade de Nottingham, também deu sua declaração. "Não tenho certeza se muitas pessoas decidem fumar ou beber... com base em quão comparáveis ??são os riscos dos dois".

"Este estudo demonstra que, em relação ao risco de câncer, o tabagismo é substancialmente mais perigoso do que o consumo de álcool. O tabagismo também é muito mais perigoso do que o álcool em relação a uma série de outras doenças. Se os fumantes estão preocupados com sua saúde, a melhor coisa que podem fazer é deixar de fumar", disse.

"As pessoas que consomem álcool devem tentar seguir as diretrizes recomendadas de 14 unidades por semana", acrescentou.

Próxima Matéria
Bruno Dias
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+