icone menu logo logo-fatos-desconhecidos.png


Circo dá exemplo para o mundo e troca animais por incríveis hologramas

POR Cristyele Oliveira EM Compartilhando coisa boa 08/04/19 às 19h09

capa do post Circo dá exemplo para o mundo e troca animais por incríveis hologramas

O circo é uma coisa mágica. Todo mundo gosta de um show bem elaborado, um palhaço engraçado, os acrobatas, os malabaristas, músicas, danças, luzes e tantas outras coisas que só vemos em espetáculos circenses. Mas acontece que a maioria dos circos ao redor do mundo usam os animais como forma de entretenimento. Muitas vezes, o primeiro contato do público com animais selvagens é no circo.

Os donos de circos ganham fortunas às custas dos animais, que muitas vezes são maltratados para entreter as pessoas. Felizmente, hoje em dia, com tantas organizações que lutam pelos direitos dos animais, essa realidade pode estar ganhando um novo rumo. Afinal, existem diversas outras formas de divertimento e entretenimento que não maltratam animais para pura satisfação humana.

Ao invés de contribuir com esse mercado que explora os bichos, nós devemos repudiar qualquer tipo de abuso de animais. E claro que ainda possamos admirá-los, mas que seja de uma forma que não os machuque. O Circus Roncalli fez exatamente isso, e de uma forma excepcional. O circo se tornou a primeira empresa do ramo a substituir os tradicionais animais em seus espetáculos, colocando hologramas no lugar. A magia continua a mesma, porém, agora de uma forma que não custa o bem-estar dos animais.

O circo

O circo alemão Roncalli trocou os tradicionais animais, como leões e elefantes no palco por projeções iluminadas. Eles utilizam 11 projetores a laser Optoma ZU850, lentes BX-CTA03, estrategicamente localizadas em um tenda de 32 metros.

E a ideia não poderia ser melhor. Abrir mão dos animais reais no show foi uma atitude positiva em todos os sentidos. Além de poupar os bichos, eles não perderam toda a magia do espetáculo. Agora o público tem uma novidade iluminada que faz com o espetáculo seja tão interessante quanto os outros tradicionais, que ainda utilizam os bichos de verdade.

Os animais que são recriados através dos hologramas, podem ser vistos a 360 graus. Dessa forma, se faz com o que espetáculo seja apreciado por todo o público em diferentes ângulos. E a criatividade é o ponto alto. É possível ver peixe voador, cavalos galopantes, elefantes dançando entre outros vários.

Os animais

Estima-se que os espetáculos de circo tenham começado há aproximadamente 250 anos atrás. Philip Astley foi um dos pioneiros no mercado circense. No começo, era comum ver artistas fazendo acrobacias em cima de cavalos, mas o uso do animal no show fez com que cada vez mais animais fossem usados nos espetáculos. E desde então, eles incluíram várias outras espécies, como leões e elefantes, que até hoje chamam a atenção do público. Além de retirá-los do seu habitat natural, onde eles poderiam viver livres, eles passaram a ser prisioneiros e ser maltratados.

A tecnologia está aí para nos auxiliar, e podemos usá-la para encontrar soluções criativas que são benéficas para todo mundo. E a proposta inovadora do circo promete revolucionar a indústria de espetáculos circenses como a conhecemos.

E você o que achou dessa ideia? Iria a um espetáculo de circo apenas com hologramas dos animais? Conta para a gente nos comentários e compartilhe com os seus amigos.


Próxima Matéria
Via   Conti Outra  
Imagens Conti Outra
avatar Cristyele Oliveira
Cristyele Oliveira
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest