• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Como a compra da FOX atrapalhou o Homem-Aranha no MCU

POR Letícia Dias    EM Fatos Nerd      09/09/19 às 18h18

Em dezembro de 2017, já comentávamos sobre como a compra da Fox pela Disney poderia ser ruim para Hollywood. Todavia, quando a Casa do Mickey desembolsou 71 bilhões de dólares, na aquisição do 21st Century Fox, não houve mais escapatória, foi dado o primeiro passo para a consolidação de um monopólio midiático. Enquanto, de um lado, alguns alertavam sobre os reais perigos por trás da negociação, outros, se encontravam realizados pela provável expansão do Universo Cinematográfico Marvel. Surpreendentemente, ao mesmo tempo, em que X-Men e Quarteto Fantástico retornaram ao lar, o Homem-Aranha foi para longe de casa. Porém, como uma situação influenciou diretamente a outra?

Um minuto. Antes de seguirmos em frente, é importante dar uma refrescada na memória. No final do mês passado, fomos bombardeados com a informação de que os novos filmes do Homem-Aranha não seriam mais produzidos pela Marvel. Segundo o Deadline, a Sony Pictures e a Disney entraram em desacordo, quanto à divisão de lucros relacionados ao herói. Inicialmente, foi divulgado que a Casa do Mickey solicitou cinquenta por cento do capital dos futuros filmes. No entanto, mais tarde revelaram que a companhia queria vinte e cinco por cento do valor arrecadado com a produção. Nesse intervalo de tempo, fãs ficaram devastados e partidos foram tomados. Contudo, até semana passada, ainda existia a possibilidade de uma renegociação. Infelizmente (ou não), tudo mudou na última quinta-feira, quando foi oficialmente confirmada a saída do Homem-Aranha do MCU.

Onde a aquisição da Fox entra nessa história?

De acordo com uma matéria de Zack Sharf, no Indiewire, a compra da Fox teve um peso na retirada do lançador de teias do MCU. Posteriormente à separação, o CEO da Sony, Tony Vinciquerra, mencionou que Kevin Feige, o presidente da Marvel Studios, estava "sobrecarregado" por causa dos personagens recém adquiridos da Twentieth Century Fox Film Corporation. Esse comentário ecoa uma declaração anterior da Sony, responsável por afirmar que "as novas responsabilidades que a Disney deu a Feige - incluindo todas as propriedades recém-adicionadas da Marvel - não dão tempo para ele trabalhar com a propriedade intelectual que não possui". A primeira vista, pareceu um comentário passivo-agressivo. Contudo, pelo menos na frente das câmeras, os representantes de ambos os estúdios permanecem respeitosos e profissionais.

Por fim, retirar o teioso do MCU pode não ter sido tão ruim. Agora, finalmente, Feige poderá focar na introdução do Quarteto Fantástico e dos mutantes, em seu universo compartilhado. Além disso, a Sony está super entusiasmada em dar início ao seu próprio Aranhaverso live-action. Ao nosso ver, parece algo animador. E então, o que você acha? Compartilhe sua opinião com a gente.

Próxima Matéria
Via   SR  
Imagens Marvel Sony Disney
Letícia Dias
Trabalhando pra falar de super-heróis, filmes e séries em tempo integral | @letdiax
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+