• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Como a Netflix e o Youtube estão lidando com a sobrecarga de internet por conta da quarentena?

POR Erik Ely    EM Curiosidades      23/03/20 às 11h30

Em meio à uma pandemia, você já parou para pensar como a Netflix e o Youtube estão lidando com a sobrecarga de internet por conta da quarentena? Recentemente, a União Europeia sugeriu que as plataformas digitais e as empresas de telecomunicações tomem algumas medidas para "assegurar o bom funcionamento da internet" durante a crise da Covid-19.

Foi isso que afirmou Thirrey Breton, um dos comissários da União Europeia e responsável por políticas digitais. Portanto, essa seria uma dessas ações seria reduzir a qualidade da transmissão, oferecendo apenas conteúdo em qualidade padrão (SD) ao invés de alta definição (HD).

Conexões domésticas não estão preparadas para todos os acessos

Ao redor do mundo, a recomendação, para tentar conter a propagação do coronavírus é ficar em casa. E, para aqueles que podem, o ideal é trabalhar de casa. Além disso, aulas também foram suspensas. Segundo a Unesco, mais da metade dos estudantes do nosso planeta estão longe das salas de aula.

Todas essas medidas server para "achatar a curva de transmissão", essencial para que o sistema de saúde consiga lidar para doentes mais graves. Por outro lado, mais gente em casa significa um uso mais intenso da internet. Portanto, é uma possível sobrecarga na infraestrutura.

Em tempos de streaming, sites como YouTube, Netflix, Twitch e outros, é comum que o consumo de banda larga possa ser bastante pesado. Contudo, por enquanto, não há impactos. Mas de toda forma, já existe uma tentativa de conter os gargalos.

Atualmente, a maior preocupação é de que as conexões domésticas de banda larga, que foram projetadas para lidar apenas com o aumento do tráfego noturno, possam não ser capazes de lidar, com um tráfego intenso durante todo o dia. Além disso, também precisamos levar em consideração que pessoas estão fazendo videoconferências para trabalhar, estudar ou por estarem consumindo mais entretenimento.

O que está sendo feito a respeito?

Na União Europeia há uma lei de neutralidade da internet, que proíbe a distinção de capacidade de banda larga para determinados usos, como o de entretenimento. Apesar disso, executivos de empresas de telecomunicações acreditam que exista espaço para a cooperação entre todos.

Em vários países, incluindo o Brasil, algumas plataformas liberaram conteúdos gratuitos durante a pandemia. Além disso, canais de TV fechada estão fazendo transmissões gratuitas pela internet.

De acordo com o Financial Times, houve um aumento de três vezes, no uso da videoconferência na Itália. Isso se deve ao fato de que a Itália é um dos países que mais tem sofrido com a doença. Mas, além das videoconferências, também precisamos somar o aumento no streaming e em jogos online. Dessa forma, o tráfego de dados de banda larga residencial e móvel subiu 75%. No Reino Unido, foi registrado um aumento de 30% nas ligações telefônicas.

Dados da empresa de testes de velocidade Ookla mostram que as velocidades de banda larga na China e na Itália se saíram bem. No entanto, as redes móveis tiveram dificuldades no desempenho. Por conta disso, a Netflix afirmou que reduziria a qualidade da transmissão de streaming na Europa. Por fim, essa medida também vale para outras empresas do setor, para ajudar a lidar com a sobrecarga de internet.

Próxima Matéria
Erik Ely
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+