icone menu logo logo-fatos-desconhecidos.png


Como aconteceu a separação do Brasil e África?

POR Mateus Graff EM Ciência e Tecnologia 19/07/17 às 15h15

capa do post Como aconteceu a separação do Brasil e África?

Vocês sabiam que durante muito tempo o Brasil e a África "cresceram juntos"? Isso aconteceu ainda no período do supercontinente Pangeia, que unia todos os continentes. Na época, se você começasse a andar na direção do leste, uma hora chegaria na África. Bom, mas cada vez mais o Brasil e a África se afastavam, até chegar no que é hoje.

Mas como aconteceu essa divisão dos continentes? A camada mais extrema da Terra é composta por placas tectônicas que se movimentaram sobre um manto interno de magma, como se fossem boias flutuando em uma piscina gelatinosa. Para os nossos olhos essa movimentação não pode ser percebida, mas ao longo de milhões de anos fez a configuração do que o nosso planeta é hoje. Já leu a nossa matéria com as 7 coisas que os africanos estão cansados de escutar?

Entre 600 milhões e 200 milhões de anos atrás, tais placas formavam o supercontinente Pangeia, e ao longo do tempo se dividiu entre Laurásia e Gondwana. Com a "dança" das placas tectônicas, os continentes sul e norte americanos se deslocaram para o oeste, enquanto as regiões da África, Europa e Àsia foram para o leste e a Índia e Austrália para o noroeste. Há mais ou menos 105 e 130 milhões de anos, o rompimento foi feito. Sendo assim, África e América do Sul estavam separados.

Miguel Basei, professor de Mapeamento Geológico do Instituto de Geociências da USP, diz que a tese mais aceita é a da convecção do manto magmático, abaixo da placa tectônica. "Há uma convicção da movimentação de porções ascendentes deste manto, com tendência a produzir movimentação do que está acima dele", afirma Basei.

Mas por que essas placas de movem? Infelizmente isso ainda continua a ser um mistério, pois pouco se sabe sobre o mato magmático. O que se sabe é para que lado as placas vão e a sua velocidade. "Sabemos que Brasil e África se afastam em direções leste e oeste, outras em direção norte e sul. Com essa modelagem de hoje, que demonstra justaposição, sabemos que a abertura da placa começou ao sul em direção ao norte, em torno de um polo de rotação", explica Basei. O Brasil está sediado na placa Sul-Americana, que começa no meio do oceano Atlântico e vai até a Cordilheira dos Andes. "É uma cadeia meso oceânica, resultado da abertura do magma", diz Basei.

O Brasil e a África tem algumas semelhanças. Os primeiros sinais de similaridade foram pensados por naturalistas, baseados em formações rochosas semelhantes e, posteriormente, fósseis de animais e rastros de vegetação iguais. Do ponto de vista paleontológico, tais semelhanças se apresentaram em fósseis de animais como peixes, répteis e em resíduos de flora. Hoje, há mais de 100 milhões de anos depois da separação, não existe mais vegetação e vida animal compartilhado entre os continentes.

E aí, já sabiam como a África e o Brasil tinham separado? Comentem!


Próxima Matéria
Via   Vix  
avatar Mateus Graff
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest