• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Como as novas câmeras do iPhone 11 funcionam?

POR Arthur Porto    EM Ciência e Tecnologia      11/09/19 às 16h13

Recentemente, Tim Cook, CEO da Apple, anunciou, dentre outros produto da marca, os novos modelos de iPhone. Os três novos smartphones, que se caracterizam por multiplicar as câmeras presentes, oferecem um enfoque mais profissional aos telefones superiores da gama.

Os novos modelos estão disponíveis em roxo, branco, amarelo, verde, preto e vermelho. O iPhone 11, sucessor do modelo XR, herda a tela LCD. O display segue com 6,1 polegadas. Entretanto, o novo modelo ganha uma dupla câmera na parte traseira. Já o iPhone 11 Pro e o iPhone Pro Max foram anunciados com câmera tripla. Com a linha Pro, a Apple pretende oferecer a melhor experiência em um smartphone.

Além dos novos produtos, Cook anunciou também outra novidade: o preço dos aparelhos. A Apple reduziu o preço de saída de seu iPhone 11 (que começa em 699 dólares [2.864 reais], frente aos 749 dólares [3.069 reais] que custava o iPhone XR em seu lançamento).

Em suma, a marca pretende corrigir, em parte, o aumento generalizado de preços dos celulares lançados no ano passado. Em seguida, a Apple apresentou os modelos superiores de 2019, que pela primeira vez levam a etiqueta Pro.

A eficiência energética do novo processador A13 Bionic, junto com refinamentos em diferentes aspectos do software e hardware do celular, aumentou a duração da bateria em até cinco horas no iPhone 11 Pro Max. Já no iPhone 11 Pro, de 5,8 polegadas, será de quatro horas.

As câmeras do iPhone 11

Essa é a primeira vez que um iPhone mais simples da linha possui um sensor de lente dupla. Localizada na traseira do telefone, a câmera dupla do iPhone 11 vem com sensores de 12 megapixels (wide) e 12 MP (ultra-wide), com zoom óptico de 2x. Além disso, no aplicativo nativo da câmera, é possível selecionar o modo que permite utilizar as duas lentes de forma separada.

Entre os novos recursos de câmera, o destaque, como anunciado, é para o modo noturno, que foi aprimorado. Contudo, a Apple também apresenta melhorias no modo retrato. A câmera filma em 4K a 60 quadros por segundo, nos modos de câmera lenta e timelapse.

Além das câmeras traseiras, a câmera frontal também possui 12 megapixels, com sensor mais amplo se a imagem estiver no modo paisagem. A lente para selfies também filma em 4K a 60 fps e traz modo de câmera lenta.

As câmeras do iPhone 11 Pro e iPhone 11 Pro Max

Diferente do iPhone 11, os iPhone 11 Pro e iPhone 11 Pro Max possuem três lentes na câmera principal: uma wide de 12 MP, outra teleobjetiva de 12 MP e a terceira ultra-wide, também de 12 MP. Para melhorar ainda mais a experiência do usuário, várias opções de zoom óptico foram adicionadas.

No aplicativo nativo da câmera é possível visualizar o que cada sensor captura. O usuário, além disso, pode também combinar os três sensores, ou utilizá-los individualmente. Aqui, a novidade gira em torno de um novo recurso. Chamado de Deep Fusion, o novo recurso usa Machine Learning (ML), para gerar imagens com maiores detalhes, em qualquer condição de luminosidade.

Em suma, o recurso, antes mesmo de você bater a foto, já captura nove imagens sequenciais. Em seguida, o recurso analisa as imagens. Por meio de uma seleção, o novo recurso, automaticamente, gera uma única imagem final de altíssima qualidade.

Quanto a vídeos, a câmera tripla filma em 4K a 60 quadros por segundo. Cada um dos sensores tem essa capacidade individualmente também.

Próxima Matéria
Arthur Porto
EQUIPE FATOS DESCONHECIDOS, BRASIL
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+