icone menu logo logo-fatos-curiosos.png


Como é um tornado por dentro? Cientista registrou o fenômeno

POR Júlia Marreto EM Curiosidades 12/05/16 às 16h43

capa do post Como é um tornado por dentro? Cientista registrou o fenômeno

Já ouviu falar ou assistiu um filme chamado Twister? Então, ele conta a história de pesquisadores que caçam tornados para descobrir como eles funcionam, se formam, se "comportam", etc. Mas se você acreditava que esse tipo de maluco só existia nos filmes, muito se engana.

Reed Timer é doutor em meteorologia pela Universidade Oklahoma, nos Estados Unidos, e passa a maior parte de seu tempo em um caminhonete em busca de tempestades, ciclones e tornados. E não suficiente em encontrá-los, registra-os.

E será que você ao menos imagina como são formado os tornados? Não?! Então confira abaixo nossa matéria e descubra!

Tornados

De acordo com o meteorologista do Instituto de Pesquisas Meteorológicas da Universidade Estadual Paulista (Unesp), Fernando de Almeida Tavares, um tornado se forma em terra, geralmente é uma combinação de ventos fortes, chuvas intensas e, em sua maioria, granizo. Se você nunca viu um tornado pessoalmente, não é muito difícil imaginar, apenas visualize um funil gigante rodando cada vez mais rápido e mais forte, a paisagem possui chuvas, ventos e tempestades, ah, ele chega até 610km/h.

Tornado versus Tempestade

A grande diferença entre um tornado e uma tempestade é a presença das nuvens super-células. Essas nuvens quando presentes, de acordo com sua movimentação e intensidade centrais podem originar um tornado. Mas não necessariamente é uma regra, muitas vezes elas podem apenas criar uma tempestade. O meteorologista brasileiro ainda explica que existe uma escala, Escala Fujita, que vai de 0 à 6. Esse níveis vão do mais leve ao mais pesado, considerado a velocidade dos ventos e o comprimento da trilha do tornado.

Brasil

Aqueles que acreditam que no Brasil não existem tornados, muito se enganam, pois existem sim! E isso foi comprovado por uma pesquisa feita pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), mostrando que nos últimos 20 anos ocorreram em torno de 200 tornados no país.

Apesar de serem um pouco diferentes dos tornados que estamos acostumados a ver nos filmes e noticiários, os brasileiros podem atingir até 200km/h e têm duração de apenas alguns minutos. O que não faz deles menos destruidores  perigosos.

Infelizmente, no nosso país, ainda não existe um mecanismo eficaz para detectar esse tipo de fenômeno. Por enquanto, para saber quantos aconteceram nos últimos anos, o método é considerar os registros oficiais e dados de jornais e internet.

O vídeo acima foi outro registro de Reed Timer, em uma de suas caçadas por tornados.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Sugestões, dúvidas e correções? Não se esqueçam de comentar com a gente!


Próxima Matéria
avatar Júlia Marreto
Júlia Marreto
É a dona de um coração esculpido pela literatura e preenchido pelos bons vinhos de Baco. Guiada nas artes da vida por Ares, possui a discreta delicadeza de um elefante pulando carnaval numa loja de cristais! Movida diariamente pelo combustível da vida: o café, essa garota possui raízes profundas na poesia da vida. É muito séria, mas sabe brincar na hora certa. Ama os animais e detesta filme de terror. Apesar de cantar mal, canta com sentimento. E adora musicais! Sua principal tentativa desportiva é o baralho. Ela gosta mesmo é de coisas antigas, apaixonada pela vida e sonha com o universo. Instagram: , @juliamarreto
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você!

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Confira nosso Pinterest