• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Como está Fukushima 5 anos após o desastre nuclear?

POR Mateus Graff    EM História      27/06/16 às 19h48

O acidente nuclear de Fukushima foi um desastre nuclear ocorrido na Central Nuclear de Fukushima, em 11 de março de 2011, causado pelo derretimento de três dos seus reatores nucleares da usina. A falha ocorreu quando a usina foi atingida por um tsunami provocado por um terremoto de magnitude 9,0. A usina começou a liberar quantidades significativas de material radioativo no dia seguinte, tornando-se o maior desastre nuclear desde o acidente de Chernobil.

Em agosto de 2013, uma enorme quantidade de água radioativa foi um dos problemas mais urgentes que afetam o processo de limpeza do local, que deve durar décadas. Houve contínuos vazamentos de água contaminada na usina e alguns no mar.

A terra radioativa

EXCLUSIVE. SPECIAL FEES APPLY . MANDATORY CREDIT: Arkadiusz Podniesinski/REX Shutterstock Mandatory Credit: Photo by Arkadiusz Podniesinski/REX Shutterstock (5224634d) An aerial photograph taken by a drone of dump sites with sacks of contaminated radioactive soil. To save space they are stacked in layers, one on top of the other. Fukushima, Japan - Sep 2015 FULL COPY: http://www.rexfeatures.com/nanolink/r7ku MINIMUM USE FEE A photographer has taken stunning and revealing pictures of the exclusion zone from the 2011 Fukushima Nuclear Disaster. Within a 20km radius the radioactive exclusion zone demonstrates the dangerous nature of nuclear energy. A network of abandoned towns and villages that once housed hundreds of thousands of people, the exclusion zone of the largest nuclear accident since Chernobyl is eerie and frightening. /EXCL_Rex_Fukushima_17/EXCLUSIVE. SPECIAL FEES APPLY . MANDATORY CREDIT: Arkadiusz Podniesinski/REX Shutterstock/1510071747

A zona verde é a área com a menor quantidade de contaminação radioativa. A camada superior do solo foi completamente removida e colocado em sacos pretos (esses aí da imagem), e hoje fazem parte da paisagem.

Limpando as telhas das casas

003

Além da remoção de solo contaminado, os trabalhadores tem que esfregar todas as telhas da cidade a mão. Os moradores ainda não estão autorizados a voltar para casa até que os procedimentos de descontaminação estejam completos.

Lugares abandonados

004

Um número muito grande de carros pode ser vistos abandonados e organizados em fileiras. A área é quase completamente tomado pela vegetação.

A leitura da radiação

06

Dosímetros (contadores portáteis que medem os níveis de radiação) perto dos carros abandonados dando uma leitura de 6.7 ?Sv / h. Essa leitura é considerada como risco mesmo cinco anos após o desastre nuclear.

As cidades desertas

07

Em algumas áreas, como na cidade de Futaba, o trabalho de descontaminação ainda não começou. Futaba está localizada na zona proibida, na fronteira com a estação de energia em ruínas, e como resultado, tem altos níveis de contaminação em qualquer zoa da cidade, tendo as ruas completamente desertas.

"A energia nuclear é a energia de um futuro brilhante."

08

Essa mensagem está localizada acima de uma das principais ruas da cidade desolada de Futaba. Traduzindo para o português, a frase da foto diz: "A energia nuclear é a energia de um futuro brilhante."

Rachaduras na terra

EXCLUSIVE. PREMIUM RATES APPLY. MANDATORY CREDIT: Arkadiusz Podniesinski/REX Shutterstock Mandatory Credit: Photo by Arkadiusz Podniesinski/REX Shutterstock (2868199g) There are currently approximately 360 cattle owned by Masami Yoshizawa who returned to his farm after the disaster. The cracks in the earth were caused by the earthquake. Fukushima, Japan - Sep 2015 FULL COPY: http://www.rexfeatures.com/nanolink/r7ku MINIMUM USE FEE A photographer has taken stunning and revealing pictures of the exclusion zone from the 2011 Fukushima Nuclear Disaster. Within a 20km radius the radioactive exclusion zone demonstrates the dangerous nature of nuclear energy. A network of abandoned towns and villages that once housed hundreds of thousands of people, the exclusion zone of the largest nuclear accident since Chernobyl is eerie and frightening.

Alguns fazendeiros viajaram de volta para a fazenda de gado de Masami Yoshizawa, a fim de cuidar de seus animais. Cheando lá, eles se depararam com rachaduras na terra causados pelo terremoto em 2011.

Vacas contaminadas

11

Infelizmente a terra de Masami Yoshizawa não é a única coisa afetada pelo desastre nuclear. Não muito tempo depois do acidente, as vacas começaram a desenvolver mancas brancas pela pele. Os especialistas acham que isso pode ter acontecido devido ao fato das vacas comerem a grama contaminada.

Torre do relógio da escola

12

A maioria dos edifícios perto da costa foram completamente destruídos pelo tsunami, mas uma escola foi capaz de permanecer em pé. As crianças que ficavam a escola deram conta de escapar do tsunami e irem correndo direto para as colinas mais próximas. O relógio na torre da escola está parado no exato momento em que o tsunami atingiu a escola e cortou a energia.

O ginásio

1032418_69630195-orelha-criança

O chão do ginásio da escola ficou completamente destruído, provavelmente como resultado de uma combinação do terremoto e do tsunami.

Mensagem no quadro da sala de aula

adolescentes2
Em uma das salas de aula de chão, existem uma marca leve no nível da água abaixo do quadro. No quadro, existem mensagens escritas por ex-moradores, estudantes e trabalhadores com mensagens motivacionais.

Sinais da vida cotidiana

af83695f-8da7-4dda-bb19-f66fac9a22d6.1400x900

Muitos edifícios que permaneceram de pé estão cheios de artigos diários que as pessoas de Fukushima utilizavam no dia-a-dia, a única coisa que realmente falta são as pessoas.

Prateleiras cheias, lojas vazias

her-fp-0787

As prateleiras de uma loja de conveniência ainda abastecida com garrafa s de licor, mas as camadas de poeira e os detritos espalhados por todo o edifício mostram que o lugar esta abandonado.

E aí amigos, já tinha visto essas fotos? Comentem!

Próxima Matéria
Mateus Graff
https://www.instagram.com/mateusgraff/ https://www.facebook.com/mateus.adjutomartinsgraff
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+