• MAIS LIDAS
  • QUIZ
  • VÍDEOS
  • ANUNCIE


Como foi a viagem de Yuri Gagarin, o primeiro homem a ir ao espaço?

POR Jesus Galvão    EM Curiosidades      15/10/19 às 14h00

Em 12 de abril de 1961, Yuri Alekseyevich Gagarin se tornava a primeira pessoa a voar para o espaço. A bordo da espaçonave Vostok, da então União Soviética, o voo do cosmonauta, como os russos preferem chamar seus astronautas, durou 1 hora e 48 minutos. Depois de orbitar a Terra, Gagarin se tornou um verdadeiro herói cultural.

Até mesmo hoje em dia, após mais de seis décadas desse voo histórico, Gagarin é homenageado em diversos museus espaciais russos. Neles, é possível encontrar inúmeros artefatos, como bustos e estátuas, entre outras coisas. Os restos mortais do cosmonauta foram enterrados no Kremlim, em Moscou. Parte da espaçonave, usada por ele, se encontra em exibição no museu RKK Energiya.

Na época do voo de Gagarin, os Estados Unidos e a União Soviética estavam em um disputa pela supremacia tecnológica no espaço. O que ficou conhecido, posteriormente, como Corrida Espacial. E a URSS estava na frente, uma vez que, em 1957, eles haviam enviado o primeiro satélite artificial ao espaço, o chamado Sputnik.

Um protótipo da Vostok realizou um voo teste, antes da missão oficial de Gagarin. Um boneco, em tamanho natural, e um cachorro, chamado Zvezdochka, estavam a bordo da espaçonave teste. Depois do voo, os soviéticos consideraram que a Vostok seria capaz de levar um humano ao espaço sem grandes problemas.

Homem dos céus

Nascido em 9 de março de 1934, Gagarin é o terceiro de quatro filhos. Ele nasceu em uma pequena vila a 160 quilômetros de Moscou. Depois de assistir um avião de combate russo realizar um pouso de emergência próximo a sua casa, Gagarin descobriu que queria, de alguma forma, voar. Posteriormente, alguns anos depois, ele acabou entrando para um clube de voo e, em 1955, ele teve a chance de realizar seu primeiro voo solo. Algum tempo depois, Gagarin enviou sua inscrição para se tornar um cosmonauta.

Mais de 200 pilotos de caças da Força Aérea Russa foram selecionados como candidatos às vagas de cosmonautas. Nesse ínterim, eles foram considerados aptos por já terem sido expostos às forças de aceleração e a processos de ejeção. Além do mais, esse homens possuíam uma certa experiência com situações de alto estresse. Entre eles, estava Gagarin, na época com 27 anos.

Assim, em abril de 1961, às 09h07, horário de Moscou, a sonda Vostok 1 decolava. Pouco controle foi dado a Gagarin dentro da espaçonave. Isso porque ninguém sabia ao certo como a gravidade afetaria o piloto. Portanto, quase tudo foi controlado automaticamente ou em solo. Caso fosse necessário, devido a alguma emergência, ele poderia assumir o controle manual. Entretanto, Sergei Korolev, designer-chefe do programa espacial soviético, deu secretamente a Gagarin, o código que lhe permitia desbloquear o controle manual antes do voo.

Histórico

Na espaçonave, foram levados cerca de 10 dias de suprimentos. As provisões serviriam para o caso de haver uma falha nos motores e se ele tivesse que esperar a órbita decair naturalmente. Felizmente, isso não foi necessário. O voo de Gagarin atingiu uma altura máxima de 327 quilômetros. Ao entrar novamente na atmosfera da Terra, na descida, o cosmonauta conseguiu manter a consciência enquanto enfrentava forças, de até oito vezes a força da gravidade.

Pela fato da espaçonave não ter motores de desaceleração e não ter como pousar com segurança, a cerca de 7 km do solo, Gagarin ejetou e realizou o restante da descida de paraquedas. Porém, esse detalhe ficou oculto até 1971, quando foi revelado por líderes soviéticos. Isso porque para a missão ser contada como um voo espacial oficial, a Fédération Aéronautique Internationale (FAI), órgão de controle de registros aeroespaciais, determinava que o piloto deveria aterrissar com a espaçonave.

Independentemente disso, ele ainda havia estabelecido o recorde de ser a primeira pessoa a deixar a órbita da Terra e viajar para o espaço. A Apollo 11, da NASA, a primeira missão a levar pessoas à Lua, aterrissou em julho de 1969. Surpreendentemente, a equipe deixou no satélite natural um medalhão comemorativo com o nome de Gagarin, como forma de homenagear o cosmonauta.

Então pessoal, o que acharam da matéria? Deixem nos comentários a sua opinião. Posteriormente, não esqueçam de compartilhar com os amigos.

Próxima Matéria
Jesus Galvão
Goiano, Canceriano e Publicitário.
Viu algum erro ou gostaria de adicionar alguma sugestão a essa matéria? Colabore, Clique aqui.


Matérias selecionadas especialmente para você

Curta Fatos Desconhecidos no Facebook
Confira nosso canal no Youtube
Siga-nos no
Instagram
Siga Fatos Desconhecidos no Google+